26.2.12

COM UM A MENOS E PÊNALTI PERDIDO, MIXTO VENCE O RONDONÓPOLIS POR 1 A 0


De técnico novo, Mixto vence e se mantém na vice-liderança
Paulinho Marília (no centro) comemora o gol que deu a vitória ao Mixto.
(Foto: Vilson de Jesus/Futebol Press)
Deu pro gasto. Na estreia do técnico Wilson Carrasco o Mixto venceu o REC por 1×0 na noite de domingo, no Dutrinha. O jogo marcou a estreia das duas equipes no returno do Campeonato Mato-grossense e o resultado manteve o Mixto como vice-líder. Já o Rondonópolis, segue na lanterna.

O REC foi comandado pelo ex-jogador Mário Sérgio, diretor de Futebol do clube. O recém-contratado técnico Eduardo Henrique – ex-Mixto – estava no Dutra, mas preferiu não ficar no banco.


1º tempo
Kiko e Evandro comemoram o gol Alvinegro.
(Foto: Vilson de Jesus/Futebol Press)
O time visitante começou melhor, com mais posse de bola e levando perigo principalmente através das jogadas do lateral-direito Luizinho (jogador anunciado como reforço do Luverdense para a Série C do Campeonato Brasileiro). Aos 10 minutos o Mixto perdeu o zagueiro Cris, que não passou bem a noite, entrou já ‘no sacrifício” e não conseguiu continuar no jogo, sendo substituído pelo meia Wanderson, o que obrigou o técnico Wilson Carrasco a mudar o esquema de jogo.

Aos poucos o Mixto conseguiu equilibrar as ações e abriu o placar aos 19 minutos com Paulinho Marília após cruzamento do lateral Alemão.

O mesmo Marília foi expulso aos 30, em um lance que gerou muitas reclamações dos mixtenses. A bola bateu no árbitro Alinor Paixão, prejudicando um ataque alvinegro. Marília reclamou e foi expulso. “Só disse para ele se posicionar melhor em campo”, alegou o atacante, ao deixar o gramado.


Ricardinho durante cobrança de pênalti não convertida.
(Foto: Vilson de Jesus/Futebol Press)
Mesmo com um homem a menos, aos 43 minutos o Mixto teve chance para ampliar. O árbitro marcou pênalti em cima de Andrezinho, em lance duvidoso e muito contestado. O lateralRicardinho chutou a bola na trave, desperdiçando o segundo pênalti do Mixto em dois jogos seguidos (quarta-feira, em Lucas, Paulinho já havia perdido um).
2º tempo
Para o segundo tempo o REC trocou o zagueiro Schmidt pelo atacante Freitas para aproveitar melhor o fato de ter um homem a mais. Não surtiu o efeito esperado, pois mesmo chegando mais no ataque, o Leão de Rondonópolis pouco incomodava o Mixto, que, por sua vez, também se mostrava ineficiente no setor ofensivo, além de estar visivelmente mais preocupado em segurar a vantagem no placar.

Pouco depois dos 20 minutos o atacante Andrezinho foi substituído por Eder Belém e Mário Sérgio trocou o centroavante Paulo Sérgio pelo garoto Kaike, um dos destaques da equipe na Copa São Paulo Júnior. O jogo, no entanto, seguia morno, com raros lances de perigo de ambas as partes.

Evandro evita tentativa de ataque do Rondonópolis.
(Foto: Vilson de Jesus/Futebol Press) 
A primeira chance real de gol quem criou foi o REC, aos 32 minutos, com Danilo acertando a trave do goleiro Perereca. Logo depois, Luizinho finalizou para uma boa defesa do goleiro mixtense. Os visitantes iam para cima do Mixto, que não conseguia encaixar as oportunidades que surgiam para os contra-ataques.

A melhor chance para o segundo gol só veio aos 36 minutos, com Kal cobrando falta que o goleiro Alisson defendeu em dois tempos. Mas o Rondonópolis respondeu em seguida com um bom chute de Ortega, que passou perto da trave defendida por Perereca. E foi só.

Ficha técnica
- Mixto 1 x 0 Rondonópolis
- Campeonato Mato-grossense / 10ª rodada (Returno)
Local: Estádio Municipal Eurico Gaspar Dutra (Dutrinha)
Ábitro: Alinor Silva Paixão (Assistentes: Paulo Cezar Farias e João Silvano Marques) 

Público pagante: 761 pessoas
Renda: R$ 6.070,00
time do Mixto:
Heverton Perereca; Ricardinho, Cris (Wanderson), Evandro e Alemão; Kiko, Kal, Julian e Jackson (Neto); Paulinho Marília e Andrezinho (Eder Belém).
Técnico: Wilson Carrasco.
- Time do Rondonópolis:
Alisson; Luizinho, Maranhão, Schmidt (Freitas) e Walace; Danilo, Igor (Isaac), Casemiro e Calado; Paulo Sérgio (Kaike) e Ronaldo Ortega.
Técnico: Mário Sérgio.

Fonte: Craques do Rádio com informações da Rádio CBN Cuiabá (AM 590)
26/02/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!