29.2.12

É GOLEADA! MIXTÃO ATROPELA O PALMEIRAS DO PORTO, 4 A 0


Lance do jogo disputado no Dutrinha (Foto: Gilmar Ramos/Olhar Direto)
Vindo de uma vitória sobre o REC na última rodada, o Mixto esteve avassalador na noite desta quarta feira e atropelou o Palmeiras com o placar de 4x0, mesmo sendo escalado sem força máxima. O nome da partida foi o atacante improvisado Jackson, que sozinho marcou 3 gols.

Com o resultado o Tigre de Vargas permaneceu em 2º lugar e agora está somente à 2 pontos do líder Cuiabá, que joga na quinta feira (1) contra o REC. O Palmeiras caiu para 8º Lugar.

1º tempo
O primeiro lance de perigo aconteceu aos 5 minutos em uma falta cobrada por Kal, que sobrou para Evandro chutando para fora e quase fazendo o primeiro gol para o Mixto.

O Palmeiras não se expôs e apenas se defendeu nos 1º primeiros minutos. Somente aos 12 o meia Felipe Carioca colocou uma bola na área mixtense, mas logo foi afastada pelo volante Jackson.


Jackson foi o destaque do jogo com 3 gols
(Foto: Marcus Vailant/A Gazeta)
Aos 22, o Periquito quase marcou depois de uma cobrança perigosa de escanteio, dando muito trabalho para o goleiro Perereca, que com muito esforço conseguiu tirar a bola de dentro do gol.

O MIxto respondeu apenas aos 29 com boa chance de Kiko, que ficou de frente para o goleiro Rogério, mas preferiu passar a bola para Jean Carlos, que chutou para fora.

Em seguida, depois de uma entrada forte, o volante Lê do Palmeiras foi expulso, deixando o Periquito com um jogo a menos. Esta foi a primeira expulsão do Palmeiras no campeonato.

Com a vantagem numérica em campo, o Mixto foi para cima e conseguiu marcar o primeiro gol aos 35 minutos. O volante Jeanzinho pegou a bola e tentou cruzar buscando o atacante Andrezinho, mas a bola viajou traindo o goleiro Rogério entrando no gol.

No final da primeira etapa, o Tigre ampliou com Jackson aos 46. O atacante improvisado recebeu a bola na intermediária, cortou a marcação e chutou forte fazendo um golaço.

Jogadores comemoram gol do Alvinegro Cuiabano. (foto: Gilmar Ramos/Olhar Direto)
2º tempo
No segundo tempo o Palmeiras voltou melhor com a entrada de Rochinha e zézinho. Aos 9 minutos o atacante Lulu fez grande jogada invadindo a área mixtense e chutou forte obrigando o goleiro Perereca fazer uma grande defesa.

O Periquito continuou pressionando e saiu para o jogo, mas em um contra-ataque fatal aos 14 minutos Jackson marcou o seu segundo gol e o terceiro para o Tigre de Vargas.

Foi visível que o time do Palmeiras ficou abalado. Depois de tomar o terceiro, a equipe do Porto tomou mais um após 4 minutos. Jackson novamente, que recebeu de Ricardinho e tirou o goleiro Rogério.

Depois disso, o Mixto soube administrar bem o jogo e até teve duas chances de ampliar com o zagueiro Kal, mas o jogo terminou assim. Mixto 4x0 Palmeiras.

Ficha técnica
- Palmeiras  0 x 4 Mixto
- Local: Dutrinha (Cuiabá – MT)
- Árbitro: Jamil Rodrigues de Souza
- Assistentes: Joadir Leite Pimenta e Marcelo Grando
- Gols: Jeanzinho aos 35’ 1º T, Jackson aos 46’ 1ºT (Mixto), aos 14' 2ºT e aos 18' 2ºT
- Cartões amarelos: Lê (Palmeiras), Janzinho (Mixto), Julian (Mixto)
- Expulsões: Lê (Palmeiras), Julian (Mixto)
- Palmeiras: Rogério, Marcio Junior, Marcio Abraão, João Marcio e Raul; Lê, Felipe delgado, Felipe Carioca (Rochinha) e Pedro Bala (Zézinho); Gil (Junior) e Lulu.
Técnico: Gilmar Ferreira
- Mixto: Héverton Perereca, Ricardinho. Evandro, Kal e Jeanzinho (Eder Belém); Cleber, Julian, Kiko (Vanderson) e Jean Carlos; Andrezinho (Oneir) e Jackson.
Técnico: Wilson Carrasco

Fonte: Carlos Gustavo Dorileo/Futebol Press
29/02/2012

2 comentários :

Marcão on 1 de março de 2012 11:25 disse...

Cadê o Andersen Navarro da TVCA e o reportes Lucas, que criticaram a mudança do treinador?? Cadê??? Falem agora??? O MIXTO começou a ter cara de time de futebol. Foi só colocar o experiente Carrasco. E isso aconteceu desde o jogo contra o REC em que o time jogou com menos 1 e ainda quase ampliou o placar mesmo em desvantagem numérica. Parabéns Hélio Machado, você acertou em cheio. Dá-lhe MIXTO!!!!!

pasneto disse...

Pela primeira vez, o Mixto jogou em ser sufocado e dominando a partida. Já é a mudança de treinador. O pessoal da globo deve tar triste, por que lá quem entende de futebol é só o Ruiter, nosso ídolo.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!