30.3.12

Presidente critica desempenho do Mixto na 1ª fase e diz que time poderia somar mais pontos


Análise crítica: Hélio Machado debita metade dos pontos conquistados pelo Mixto aos adversários
Presidente do Mixto, Hélio Machado, acha que time poderia ter somado mais pontos nesta 1ª fase
(Foto: Otmar Oliveira/Jornal A Gazeta)
 
Dos 26 pontos conquistados pelo Mixto até agora no Campeonato Mato-grossense, metade deles se deve aos adversários. Esta análise não surpreenderia a ninguém se partisse de algum rival. Contudo, a avaliação bastante crítica partiu do próprio presidente do clube, professor Hélio Machado, que já foi treinador de futebol.

Atual vice-líder do Estadual com 26 pontos ganhos e virtual semifinalista, segundo Machado, o Alvinegro da Vargas só têm mérito em 50% dos pontos conquistados até agora. Outra metade veio por "incompetência" dos adversários que também teria deixado de fazer sua parte durante o desenrolar da disputa.

"Teve jogos que deixamos de fazer o resultado. De igual forma os nossos adversários que tropeçaram em alguns compromissos considerados fáceis. Por exemplo, o União perdeu para o REC de virada. Poderia estar numa melhor condição na tabela de classificação", afirmou Machado, ressaltando que para o Mixto para consolidar de vez sua classificação precisa fazer a sua parte nos últimos jogos contra o Atlético Campoverdense, Barra do Garças e Cuiabá. "Não podemos ficar dependendo dos resultados de outros times", complementou o crítico dirigente.

Ele destacou que a classificação não está totalmente assegurada, uma vez que algumas combinações de resultados até o término da fase classificatória pode ainda tirar o Alvinegro da Vargas do páreo. "Precisamos de alguns prontos para não depender de ninguém".

O Mixto está a seis jogos consecutivos sem perder sob comando de Wilson Carrasco, que foi efetivado no cargo na vaga do demitido Eduardo Henrique, que deixou a equipe alvinegra na vice-liderança do Mato-grossense e, mesmo assim foi mandado embora.

Mesmo com a classificação à semifinal bem encaminhada, o presidente do clube crê que com mais três pontos não há mais risco de ficar da reta final do Estadual. "Vencendo mais um jogo dos três restantes estamos dentro da semifinal", frisou Hélio Machado.

Fim das contratações
Com a dificuldade em encontrar jogadores prontos disponíveis no mercado brasileiro, a diretoria do Mixto não irá contratar mais ninguém, nem mesmo para os últimos jogos e tão pouco para uma possível semifinal.

Pelo regulamento do Mato-grossense deste ano, hoje (sexta-feira) foi o último prazo para os clubes contratarem. O último reforço do Alvinegro foi o lateral esquerdo Itamar, que se apresentou na semana passada.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
30/03/2012

1 comentários :

Fábio disse...

Senhor Presidente, a cobrança vai ser grande , caso o Mixto não se classifique, pois se perder amanhã, o time entrará em pânico. O máximo que consiguiremos em Barra é um empate e olhe lá. Já contra o Cuiabá, pode preparar. O Carrasco não serve pro Mixto é muito fraco, medroso e além de tudo adora uma panelinha, só coloca seus camaradas.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!