18.3.12

MIXTO SÓ EMPATA COM O UNIÃO E ADIA CLASSIFICAÇÃO PARA O PRÓXIMO JOGO


Mesmo com apoio da torcida Mixto só ficou no empate. (Foto: Gilmar Ramos/Mixtonet)
Com estreias, o Mixto apenas empatou por 1×1 com o União na tarde deste domingo no Estádio Presidente Dutra. Resultado que mantém o Alvinegro na vice-liderança (25 pontos) e deixa o União ainda fora do G-4 do Campeonato Mato-grossense (18 pontos).

1º tempo
O União começou o jogo recuado, esperando o Mixto, que começou com Hilton Mineiro na meia e Edson Di no banco, mas não conseguia transformar em chances de gols sua tentativa de pressionar. Logo aos 8 minutos o Colorado perdeu o meia Luciano Ratinho, que sentiu uma fisgada na coxa direita e foi substituído por Rafael.

O jogo passou a ficar mais equilibrado, mas sem grandes emoções. O primeiro chute a gol só surgiu aos 17 minutos com Paulinho Marília de fora da área, mandando a bola longe do gol unionino. Seis minutos depois Souza também chutou de longe, mas com perigo para o goleiro Heverton Perereca.

No 1º tempo jogo morno de poucas oportunidades, na foto Mixto tenta mas não marca.
(Foto: Gilmar Ramos/Mixtonet)
Mais articulado, o União passou a ter o controle da partida. Porém, faltava inspiração e qualidade para os dois times, que passaram a depender mais das bolas paradas. E foi assim que saiu o primeiro gol: Souza cobrou falta pelo lado esquerdo e o zagueiro Celso subiu mais do que todo mundo para fazer União 1 x 0.

Outras três bolas paradas resumiram os principais lances antes do intervalo: Kal cobrou falta próximo área, fraca e nas mãos do goleiro; Paulinho Marília finalizou para fora após cobrança de escanteio; e Marilia cabeceou forte, mas no meio do gol, onde estava Dida, aproveitando falta cobrada por Julian.

2º tempo
No segundo tempo o Mixto voltou com o atacante Edson Di no lugar do lateral Alemão e com uma organização tática um pouco confusa no meio-campo, com Hilton Mineiro caindo um pouco mais pelo lado esquerdo, preenchendo o espaço que seria do lateral, mas sendo muito pouco aproveitado. O ritmo era o mesmo da primeira etapa, com o União mais tranquilo e os dois times com pouquíssima inspiração. Carrasco conseguiu melhorar o lado direito mixtense com a entrada de Eder Belém no lugar de Rodolfo, que vinha errando muitos passes.

Lance de perigo mesmo, que pode ser chamado da “chance real” de gol só aos 17, e foi o gol de empate do Alvinegro: Jackson cobrou escanteio pelo lado direito, o goleiro colorado saiu mal e Paulinho Marília subiu por trás para cabecear e fazer 1×1.

Paulinho Marília comemora o gol de empate com companheiros de equipe.
(Foto: Gilmar Ramos/Mixtonet)
O empate fez o Mixto crescer e aos 22 Marília quase fez o segundo, cabeceando para defesa do goleiro Dida em lance que a arbitragem marcou um impedimento inexistente. Para ‘consertar’ o lado esquerdo alvinegro, Anderson entrou no lugar de Hilton Mineiro para jogar como volante, indo Julian para a lateral. O União trocou o lateral-direito Dudu pelo atacante Negueba e também um atacante por outro – Thiago Vinicius no lugar de Dinei.

Mas foi do Mixto a última grande chance do gol: Paulinho Marília recebeu na área e tocou para trás, deixando Jackson em ótima situação para finalizar, mas ele chutou fraco e torto, desperdiçando a oportunidade para virar o jogo.

Domingo o Mixto recebe o Luverdense e União joga contra o REC.

Ficha técnica
- Mixto 1 x 1 União (15ª rodada do Mato-grossense 2012)
Local: Estádio Dutrinha
Árbritro:
Público pagante: 761 pessoas
Renda: R$ 6.279,00
Mixto: Heverton Perereca; Rodolfo (Eder Belém), Nando, Kal e Alemão (Edson Di); Kiko, Julian, Jean Carlos e Hilton Mineiro (Anderson); Paulinho Marília e Jackson. Técnico: Wilson Carrasco.
União: Dida; Dudu (Negueba), Celso, Diguinho, Luiz Gustavo e Daniel; Wilker, Souza e Luciano Ratinho (Rafael); Buiu e Dinei (Thiago Vinícius). Técnico: Marcos Birigui.

Fonte: Craques do Rádio
18/03/2012 

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!