27.3.12

Wilson Carrasco já começa a pensar na semifinal e quer a vantagem de decidir em casa


Técnico quer garantir a vice-liderança para decidir a semi-final no Dutrinha e jogar com a vantagem do empate
Técnico Wilson Carrasco (Foto:  Marcus Vaillant/A Gazeta)

Praticamente com uma mão na classificação à fase semifinal do Campeonato Estadual, o técnico do Mixto, Wilson Carrasco, já tratou de colocar um novo desafio aos seus comandados: assegurar a vice-liderança ao término da primeira fase para obter vantagem de jogar por dois resultados iguais e levar a decisão da vaga à final para o Dutrinha. Ele descarta escolher adversário na reta final do Mato-grossense.

Com 26 pontos somados na tabela de classificação, o Alvinegro da Vargas tem mais três jogos para fechar a fase classificatória. O time jogará ainda com o Atlético Campoverdense no próximo sábado, no Félix Belém; Barra do Garças, no Zeca Costa, no dia 8 de abril e fecha a primeira fase encarando o Cuiabá no dia 11 de abril, no Dutrinha.

Precisamos consolidar de vez nossa classificação assegurando a vice-liderança. É importante numa fase decisiva como a semifinal você ir com alguma vantagem. Jogar pelo empate será interessante”, afirmou o treinador, ressaltando ter gostado da atuação da sua equipe no empate em 3 a 3 com o Luverdense, no Dutra.

Carrasco fez questão de isentar o setor defensivo do time na igualdade com o time de Lucas do Rio Verde.

Se houve falha nos gols do empate e da virada do Luverdense, esse erro foi coletivo, de todos. Comigo não tem essa de culpar determinado jogador. Futebol é coletivo”, afirmou o técnico, afirmando que os três gols também foram méritos do conjunto.

A reapresentação está marcada para hoje de manhã.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
27/03/2012

1 comentários :

Anônimo disse...

Eu sou Ney Dias, Mixtense, e acho que o carrasco têm mais é que escalar o time no ataque para ganhar as partidas que faltam para terminar o segundo turno do estadual para continuar permanecendo na segunda colocação, para depois querer pensar no quadrangular final e série D. Ele começou bem, mas depois voltou a cometer os mesmos erros do ex treinador que hoje trina o REC, escalando no começo um time defensivo, e somente depois que o Mixto estava perdendo é que mudava a equipe e tornava-a ofensiva. Eu sou NEY DIAS, Mixtense fanático.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!