Hélio Machado desabafa: "Agora ninguém nos segura. Vamos buscar esse título"


Para Hélio Machado, situação criada deu mais ânimo para o Mixto. (Foto: Fábio Ramirez)
Com um grande número de torcedores alvinegros na porta da Federação Mato-grossense de Futebol, por 4×1 o Tribunal de Justiça Desportiva da FMF inocentou o Mixto e manteve o clube na semifinal do campeonato mato-grossense. O Alvinegro era acusado pelo Cuiabá de ter jogado com o meio-campista Jean Carlos irregular (com três cartões amarelos). Com isso, os dois times vão se enfrentar na semifinal a partir do fim de semana.

O Mixto alegou “erro de súmula”, considerando que o cartão amarelo do jogo entre Mixto e Atlético foi dado ao Jean Carlos meio-campista e não ao Jeanzinho. Com isso, Jean Carlos cumpriu a suspensão automática ficando fora da partida diante do REC.

A defesa mixtense também foi respaldada por depoimentos do próprio árbitro do jogo, Marcelo Santos, e do radialista Adilson Gonçalves. De acordo com Helinho Machado, do corpo jurídico do Mixto, não cabe recurso e a decisão do TJD é “definitiva”.

Agora ninguém nos segura. Vamos buscar esse título, mais motivados do que nunca. Futebol se ganha dentro de campo”, desabafou o presidente do Mixto, Hélio Machado, ao final do julgamento onde o clube foi defendido pelo advogado carioca Osvaldo Sestário.

Fonte: Craques do Rádio
19/04/2012