Mixto é contra jogo no domingo. Hélio diz que Cuiabá apoiou TV e não aceita perder bilheteria


Hélio Machado: "a tevê tem o apoio do Cuiabá nesta questão, pois eles só gostam de jogar às três da tarde. Isso é um absurdo. O mando é do Mixto, não podemos simplesmente deixar de ganhar financeiramente porque a prefeitura decidiu"
Hélio Machado, presidente do Mixto
O jogo Mixto x Cuiabá, primeiro confronto semifinal do Campeonato Mato-grossense será mesmo domingo, às 15h. Palavra do presidente da FMF, Carlos Orione, afirmando que “não houve nenhuma liminar, mas sim um acordo entre a tevê e a prefeitura”. E como resultado deste acordo, o jogo será disputado com portões abertos, de acordo com o que anunciou o secretário de Esportes da cidade, João Bosco Cruz. Decisões que irritaram a diretoria do Mixto, mandante do jogo.

O que houve foi um acordo entre a direção da TV Centro América e o prefeito Chico Galindo. A Federação concordou, pois a televisão tem o direito de transmissão da competição. Não existe nenhuma liminar”, assegurou Orione no final da manhã desta sexta-feira.

A liminar existe, o próprio João Carlos de Oliveira (vice-presidente da FMF) me garantiu”, rebateu Hélio Machado, presidente do Mixto. A informação sobre esta liminar foi passada no início da manhã, no estádio Dutrinha, por funcionários da televisão à Rádio Cultura.

Também segundo Hélio, o Mixto tentou, através do seu departamento jurídico recorrer contra esta decisão. “Como a liminar da tv foi contra a Federação, não podemos recorrer e eles (FMF) já decidiram não fazer nada, o João me disse isso”, completou Machado, afirmando ainda que “a tevê tem o apoio do Cuiabá nesta questão, pois eles só gostam de jogar às três da tarde”.

E uma outra decisão que gerou polêmica foi anunciada pela prefeitura: o jogo será de portões abertos, como ‘preliminar’ da decisão do Peladão. “Foi a forma encontrada para contornar a situação e o jogo com portões abertos é uma decisão do prefeito, um presente aos torcedores de Cuiabá, pois o Peladão está dentro da programação oficial de comemoração do aniversário de 293 anos”, detalhou Bosco Cruz.

Isso é um absurdo. O mando é do Mixto, não podemos simplesmente deixar de ganhar financeiramente porque a prefeitura decidiu assim. A Federação abre às 13 horas e estarei lá para defender os interesses do clube”, afirmou Machado.

De acordo com Bosco, a FMF já foi comunicada e concordou com as decisões do prefeito.

Fonte: Craques do Rádio
13/04/2012