23.4.12

PM jogou gás na torcida do Mixto. Torcedores mixtenses atacaram torcedores do Cuiabá


ROTAM, unidade especializada da PM, atingiu criança e mulheres com gás antimotim.
(Foto: Mayke Toscano/Hipernoticias)
A partida entre Cuiabá e Mixto, na tarde de domingo no Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá, além do resultado negativo para a equipe alvinegra, a torcida mixtense também sofreu com a atuação da PM que estava no estádio para fazer a “segurança” do público presente. Mas, um caso acabou levantando os ânimos de alguns torcedores, principalmente de pais que levaram seus filhos para acompanhar a partida. Alguns policiais jogaram spray de pimenta na torcida e acabou atingindo várias crianças que estavam próximo ao gramado.

O caso extra-campo começou assim que o árbitro da partida, Wagner Reway, trilhou o apito para o fim do primeiro tempo. Durante a entrada dos policiais em campo para fazer a segurança da arbitragem, uma garrafa com água foi arremessada dentro das quatro linhas e acertou um policial. Com os ânimos exaltados, sob vaias, gritos e muita agitação no alambrado, dois policiais do 1º Batalhão PM, não identificados, jogaram spray de pimenta e acertou principalmente crianças que estavam sentados embaixo das arquibancadas.

Polícia Milita no Dutrinha
(Foto: Mayke Toscano/Hipernoticias)
José Augusto de Moura, pai de Felipe ficou indignado. "Meu filho tem quatro anos e agora está chorando com pimenta no olho. Essa PM de Mato Grosso não está preparada para esse tipo de evento", esbravejou o pai que deixou o estádio no intervalo da partida.

Outros torcedores reclamavam da atuação dos policiais, mas o caso foi apaziguado com a chegada do comandante de área, major  Edvaldo, que respondeu sobre a atuação da PM. "Esse procedimento é usado em todos os Estádio do Brasil, aqui não seria diferente. A torcida está com os nervos à flor da pele e time perdendo, não adianta descontar na policia. Nós estamos aqui para fazer segurança, mas se exaltarem vamos ter que reagir também", disse o comandante. Questionado sobre o uso de pimenta em locais com crianças, ele defendeu: "estavam perto do tumulto, se acertamos não foi com intenção", finalizou o policial.

O estádio Dutrinha estava com aproximadamente 3 mil pessoas assistindo o clássico. E o fato aconteceu somente do lado da torcida do Mixto, que estava do lado da Rua Joaquim Murtinho. A torcida do Cuiabá ficou do lado oposto, que faz fundos com a Rua 13 de Junho.

Mixtenses atacaram torcedores do Cuiabá
No final da partida entre as equipes que estão na busca da segunda vaga para a final do Estadual, as torcidas de Mixto e Cuiabá travaram um embate que não foi flagrada pelas lentes da TV que estava transmitindo a partida ao vivo.

A torcida do Mixto parece que não engoliu a acusação do Cuiabá contra o Mixto que quase tirou o alvinegro da semifinal e as provocações ganharam força no fim do jogo. 

Torcedores do Mixto partiram pra cima dos douradinos e o tumulto só não foi maior porque a Rotam chegou na hora para evitar que uma briga entre "facções" acontecesse. Três torcedores do Mixto foram detidos pela polícia.

Segundo o comandante do 1º Batalhão PM, Major Edvaldo Souza oliveira o efetivo policial será aumentado para o jogo de quarta devido principalmente a rivalidade das torcidas.

Fonte: Max Aguiar/Hiper Notícias
24/04/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!