17.4.12

VÍDEO: Presidente do TJD fala sobre possível irregularidade. Apresentador defende que Mixto está fora do campeonato


Durante o programa Feras do Esporte, exibido na TV Cuiabá Canal 47, na última segunda-feira, o apresentador Marcelo Carvalho entrevistou o presidente do TJD, João Scaravelli.

Na ocasião, Marcelo Carvalho elogiou a ação do TJD em suspender o jogo entre Mixto e Cuiabá e defendeu a punição do Mixto afirmando categoricamente, sem parcialidade, que o Mixto não terá chances no julgamento do TJD.

"Eu, em 16 anos de futebol, como jornalista e apresentador, pra mim o Mixto já está de férias. Pra mim o Mixto está eliminado do campeonato Mato-grossense. Eu, Marcelo Carvalho, banco que o Mixto está eliminado do campeonato, conhecendo como eu conheço a nobreza dos homens que decidem, são homens que prezam sempre pelo correto, pela lei, pela lisura, acho praticamente impossível o Mixto escapar dessa" afirmou o jornalista responsável pelo programa esportivo.

O presidente do TJD, que acatou a denúncia do Cuiabá que alega irregularidade na escalação do jogador Jean Carlos contra o União no dia 18, estranhamente também não foi imparcial. Scaravelli afirmou e defendeu, como se o caso já estivesse sido julgado, a punição do Mixto.

No entanto, Scaravelli admitiu que existe uma interpretação a ser feita a cerca Da denúncia: A lei diz que a suspensão automática deve ser cumprida na partida seguinte a qual o jogador recebeu o terceiro cartão. No caso do Jean Carlos, a suspensão deveria ser cumprida no dia 18 de março, no jogo diante do União, e não nos jogos subsequentes. Portanto, o afetado pela irregularidade do jogador é o União e não o Cuiabá, autor da denúncia. O prazo para o União reclamar do não cumprimento da suspensão automática já se passou. Nesta interpretação o jogador não estaria irregular no jogo diante do Cuiabá, e sim no jogo contra o União, que não fez denúncia alguma dentro do prazo.

"Qual é a interpretação? a interpretação é da automática, o cumprimento é da automática. Ele tinha que cumprir no dia 18/03, muito bem, no dia 25/03 ele jogou, depois ele foi jogando, foi jogando, foi jogando. Será que é em cada partida ou a punição é apenas pela irregularidade? E te digo, até essa interpretação não pode nem ser por mim, terá que ser em cima do processo se surgir, se relatar, [cabe] à própria comissão disciplinar, ao tribunal ao interpretar o processo. Podemos sim, se tiver o entendimento de que ela é cumulativa ou apenas do 18/03." deixou a dúvida no ar o presidente do TJD.


O que diz o Regulamento do Campeonato Mato-grossense:

"Art. 55 - Perde a condição de jogo para a partida oficial subsequente do campeonato, o atleta advertido pelo Árbitro a cada série de três (3) advertências com cartões amarelos, independentemente da sequência das partidas previstas na tabela da competição." (grifo nosso)

Quando se diz "para a partida oficial subsequente", a utilização do artigo definido define que é somente na próxima partida após o terceiro cartão que deve-se cumprir a suspensão, ou seja, contra o União no dia 18/03. No regulamento não diz que a pena é cumulativa no caso de não cumprimento na partida subsequente. Se ao invés do artigo definido "a" estivesse "para uma partida" poderia haver outra interpretação, mas não é o caso. 

No julgamento o juiz não pode ir contra o que esta positivado na lei, não há interpretação, tem que ser cumprido o que está estabelecido.

Ou seja, de fato o atleta Jean Carlos perdeu condição de jogo somente no na partida diante do União. Não há irregularidade contra o Cuiabá.

Conforme estabelece o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, a súmula do jogo e o pedido de cumprimento de punições referente a infrações decorrentes da redação do que está na súmula só pode ser efetuado num prazo de 48 horas. Como o União não protocolou nada dentro do prazo o Mixto não pode ser punido. 

Confira o que diz o Código Brasileiro de Justiça Desportiva:

"Art. 85. A impugnação deverá ser protocolada no Tribunal (STJD ou TJD) competente, em até dois dias depois da entrada da súmula na entidade de administraçãodo desporto. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009)."

VEJA O VÍDEO DA ENTREVISTA COM SCARAVELLI:



Fonte: Fábio Ramirez/Mixtonet (texto) - Feras do Esporte (Vídeo)
17/04/201

17 comentários :

Alexandre Luz disse...

"A lei diz que a suspensão automática deve ser cumprida na partida seguinte a qual o jogador recebeu o terceiro cartão. No caso do Jean Carlos, a suspensão deveria ser cumprida no dia 18 de março, no jogo diante do União, e não nos jogos subsequentes. Portanto, o afetado pela irregularidade do jogador é o União e não o Cuiabá, autor da denúncia. O prazo para o União reclamar do não cumprimento da suspensão automática já se passou. Nesta interpretação o jogador não estaria irregular no jogo diante do Cuiabá, e sim no jogo contra o União, que não fez denúncia alguma dentro do prazo."


---O OBVIO É QUE MIXTO SERA ABSOLVIDO---


Além de estar havendo esse engano na troca de camisa que deixa Jean Carlos regular, existe esta outra vertente que inocenta o MIXTO.

Anônimo disse...

ESPERO QUE GANHAMOS ESSA AI MIXTENSES,POIS AQUI EM RONDONÓPOLIS O ETERNO VICE JÁ ESTÁ TREINANDO,TORCI TANTO P/ O UNIÃO SAIR FORA E AGORA SÓ RESTA TORCER P/ O NOSSO MIXTO O TIGRÃO DA VARGAS,ÉDSON BODÃO DE RONDONOPOLIS MT.

Anônimo disse...

ESPERO QUE GANHAMOS ESSA TORCIDA MIXTENSE,SOU CONTRA O CUIABÁ E PRINCIPALMENTE O UNIÃO SOU AQUI DE RONDONÓPOLIS,ÉDSON BODÃO MIXTENSE DESDE CRIANCINHA KKKKKKKKKKKKKKK

Mixtense revoltado disse...

Esse Marcelo Carvalho é um Filho Da Puta.
Ele é paga-pau do Cuiabá e do Luverdense.
Ele paga-pau para Cristiano e Helmute.
É um tremendo FDP.

Outro que é paga-pau do Cuiabá é o Rosenil Luiz, da rádio industrial, eterno frustado! Analfabeto... Nunca conseguiu nada no Mixto e fica metendo o pau.. Fica falado que ele é injustiçado só porque é negro e pobre. Sempre se fazendo de vítima na rádio.

A torcida tem que ficar atenta nesses caras: Marcelo Carvalho e Rosenil Luiz.
Esses caras são anti-Mixto.
Dão a vida pelo Cuiabá.

Rondon disse...

Esse Marcelo de carvalho é um mercenario so defende o interesse do cuiaba e do luverdense, que deve dar dinheiro parar ele, nunca vi puxar tanto saco assim, nos mixtenses temos que barrar ele no treino do Mixto, dpois aparece la com a maior cara de pau querendo entrevista. Ta pensando que se o programa dele falar so do cuiaba vai ter alguma audiencia, sem o Mixto nao tem futebol em cuiaba.

Paulo disse...

Está muito fácil defender o Mixto contra essa palhaçada.
A Lei (Regulamento Geral das competições) é clara, no seu artigo 55, caput; senão vejamos:

Art. 55 - Perde a condição de jogo para a partida oficial subsequente da
mesma competição, o atleta advertido pelo árbitro a cada série de três
advertências com cartões amarelos, independentemente da seqüência das partidas
previstas na tabela da competição.
___________________________________

O referido artigo fala: "partida oficial subsequente da mesma competição".
Ou seja, Jean Carlos não tinha condições para o jogo contra o uni-VICE; o time de Rondonopolis perdeu o prazo para denunciar a "irregularidade". Logo, o Mixto não pode ser mais punido.

Somado à isso temos que o Mixto não usou a "irregularidade" de má fé, em momento algum. Pois, acreditando piamente que o atleta estava "suspenso" contra o REC (notícias de sites esportivos da época informavam que o atleta estava "suspenso" - Vide o Craques do Rádio dia 28/02/2012), nem o relacionou para essa partida. Lembrando que Jean Carlos foi relacionado para todas as partidas do Mixto exceto contra o REC. Mais uma vez, ratificando a boa FÉ do Mixto.

Excluir um time de uma competição por uma bobagem dessa é ser muito radical, muiiito radical. No máximo cabe uma multa. Primeiro porque o Mixto não é reincidente, segundo porque não agiu de má fé. Terceiro porque futebol decide no campo, dentro das 4 linhas, e não no Tribunal.

Quanto menos decisões tivermos no Tribunal, melhor será para o futebol.

Paulo disse...

o uni-VICE, malandramente sabendo que não tinha mais condições de denunciar o Mixto, induziu o juvenil do Cristino Dresch a denuciar o Mixto.

Pena que fizeram tudo errado..tudo fora do prazo! hehehehe

Chupa, Cristiano!
Chupa, uni-VICE!

Por tabela....
Chupa, Marcelo Carvalho!
vai estudar regulamento!

Pedro disse...

Quem esse Marcelo Carvalho pensa que ele é para sentenciar o Mixto antecipadamente??
o FDP induziu a todo tempo o presidente do TJD a punir o Mixto.
Ele é advogado?
Ele entende de Direito Desportivo?

é um tremendo canalha!
paga pau do Cuiabá e Luverdense.
vai chupar do Cristiano e Hemulte lá na PQP!!
é tdo oq ele quer, uma final entre Cuiabá x Luverdense.

e ainda tem a cara de pau de dizer que queria o Mixto campeão.. FDP!

Esse tem ser banido do Mixto..nunca mais pisar no CT do Mixto.

E NESSAS HORAS QUE A TORCIDA TEM Q VER QUEM É CONTRA O MIXTO. QUEM QUER FUDER O MIXTO.

Ricardo Freitas disse...

XEQUE MATE!

perdeu Cuiabá

perdeu União

perdeu Marcelo Carvalho

ganhamos essa Mixtãooooooo

adriano souza disse...

eu nem sabia que existia esse programa na tv cuiabá!!!!!

Paulo Pereira disse...

Esse juiz não pode nem participar da sessão de julgamento de hoje a noite, uma vez que o mesmo já declarou o seu voto, antes mesmo de ouvir os arugmentos da defesa. Isso é uam vergonha. Esse processo todo só foi possível com a participação dos seguintes menbros da FMF: João Carlos, Zézinho e Ariade.

Lucio_MIxtense on 18 de abril de 2012 08:25 disse...

QUEM É MARCELO?! NUNCA OUVI FALAR NESSE CABRA....

Anônimo disse...

É por esse marcelo de carvalho ser um cara chato e demagogo que eu, Mixtense Roxo, não assisto o seu programa diário de esporte na televisão, que vai ao ar as 11:00 horas. Já assistí o seu programa esportivo quando ia ao ar das 21:00 as 22:00 horas às segundas feiras. Deixei de assistir por causa das suas bobozeiras e demagogias. Ele é uma pessoa sem graça e sem carisma para ser apresentador de qualquer programa, seja ele ao vivo ou não, até a voz dele é injuativa. Ney Dias

Renato disse...

Jornalista de merda, se é que essa cara tem mesmo o diploma de jornalismo. Mal sabe falar o português. Se tem diploma deve ser aquele diploma sem-vergonha, tipo Jornalismo IVE, Jornalismo FACULDADE-AFIRMATIVO.

Faltou mta ética ao sr."jornalista", foi imparcial, acusador, defendeu ao máximo o seu amigo Cristiano. Aliás é o que mais ele sabe fazer: chupar rola do Cristiano e do Hemulte.

Marques disse...

Realmente tudo vai depender da interpretação do texto do regulamento da federação, acredito da vitória do Mixto. Mas que é esse Marcelo? que programa é esse que nunca nem vi falar, e o cara chega afirmando que a vaga ja é do Unibosta, sinistro, mas ele vai engolir tudo isso hoje

Juca disse...

Fiquei sabendo que o arrombado do cristiano foi pela cabeça do Rufino para fazer esta denuncua

Pedro disse...

CHUUUUUUUPA, COMENTARISTA DE MERDA!!!
QUERO VER A SUA CARA DE BUNDA AGORA... SEU BOSTA!
MIXTÃO CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!
AGORA, O BICHO VAI PEGAR!

A TORCIDA TEM QUE ANOTAR O NOME DESSE CARA!!
FANFARRÃO.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!