20.5.12

78 anos: Mixto ainda sofre com dívidas. Clube tem 70 ações trabalhistas na justiça


Idade nova, contudo velhos problemas. No dia em que comemora 78 anos de fundação - dia 20 de maio é o aniversário do Alvinegro da Vargas -, o Mixto Esporte Clube ainda não conseguiu cessar a batalha de se livrar de antigas pendências financeiras que travam o crescimento do clube de maior torcida de Mato Grosso. Não há muito o que comemorar.

Dentre a extensa lista de problemas a serem resolvidos para tornar o clube viável está a quitação de um bolo de 70 ações trabalhistas na Justiça do Trabalho. A dívida junto a credores, ex-funcionários e jogadores que chegaram a atuar por um período de 30 dias, já ultrapassa a casa de R$ 1 milhão.

O cenário é tão desanimador que o clube não consegue por exemplo ficar com R$ 1,00 da renda dos jogos em que a equipe é mandante, uma vez que o dinheiro é bloqueado pela Justiça para quitar as ações trabalhistas.

Pouco mais de um ano e meio no cargo de presidente do Alvinegro da Vargas, o professor em Educação Física e ex- técnico do clube, Hélio Machado ressalta que o maior problema do clube é não possuir uma fonte de renda. Segundo
ele, sem este meio de arrecadação, o Mixto fica totalmente dependente de ajuda de colaboradores e de apoios oriundos do poder público como a da Prefeitura de Cuiabá, que destinou uma ajuda financeira de R$ 600 mil num total de R$ 1 milhão para ser rateado com o Cuiabá e o extinto Palmeiras do bairro do Porto. Mas o clube só recebeu a metade do prometido.

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
20/05/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!