2.7.12

Com salários atrasados, parte do elenco não foi treinar sábado. Hélio diz que resolverá situação


Mixtenses também aguardam regularização salarial
Elenco do Mixto aguarda pagamento dos salários atrasados. (Foto: Site oficial do Mixto)
Salários atrasados, jogadores pouco animados. O Mixto começou a ‘semana do Comercial-PI’ – adversário do próximo domingo em Teresina – com muitas preocupações. O próprio presidente Hélio Machado admitiu que “o clima é de alerta”. A derrota em casa, os desentendimentos internos e a falta de dinheiro criam incertezas.

treino que estava previsto para a manhã de sábado não aconteceu. “Vários jogadores alegaram problemas pessoais, uma meia dúzia só apareceu e não teve treino”, confirmou um integrante da comissão técnica. “É uma situação absurda, que não podemos aceitar. Vamos primeiro conversar com o Celso (Teixeira) e depois decidir uma providência”, disse o presidente na manhã desta segunda-feira, acrescentando que “eu não estava em Cuiabá no dia, mas fui informado”.

As atividades foram retomadas, mas com um “ambiente preocupante”, pois o sentimento é que “a maioria está desanimada”. O atraso salarial com certeza é um dos fortes motivos para isso:

"Estou neste momento tentando viabilizar o pagamento de um patrocinador. Devemos maio e junho venceu agora, estamos tentando normalizar a situação, mas as dificuldades são muitas" admitiu Hélio.

O gerente de futebol, Eduardo Henrique, também admitiu que “o atraso salarial cria uma situação difícil”, mas assegurou que “o presidente está tomando todas as providências e deve resolver isso em breve”.

Fonte: Craques do Rádio/Adilson Gonçalves - Rádio CBN Cuiabá
02/07/2012

2 comentários :

Odilor disse...

Que lamentável a situação do Mixto. 2012 vai ser mais um ano para os torcedores esquecerem. Como enfrentar uma série D numa situação dessas. Vamos ser saco de pancada.

Fabricio Goiabano disse...

Eh...com o desempenho apresentado na ultima partida, onde acharam coragem para nao treinarem, alegando falta de salario, so por ai se ve os mercenarios que temos...haja sofrimento.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!