20.8.12

Hélio diz que não existe clima de greve, anuncia acertos e explica o porque do atraso



O presidente Hélio Machado disse ao Mixtonet que o motivo do atraso salarial se deve principalmente ao assalto ocorrido no dia 7 de julho no Centro de Treinamento do Tigre, mas também pelo atraso no repasse da verba do Governo do Estado, decorrente de patrocínio nas costas da camisa.

Segundo o presidente do Mixto está atrasado parte de junho e o mês de julho vencerá dia 22. O saldo salarial deverá ser pago até o dia 24 e o governo do estado deve repassar o dinheiro do patrocínio entre hoje e amanhã.

"O Mixto deve parte do salário de junho, porque infelizmente sofremos aquele acidente de trabalho (o assalto) e  o mês de julho que está vencendo agora no dia 22. O compromisso que nós temos com o nosso plantel é que o pagamento saia entre dia 22 e dia 24. Então o mês de julho vai ser quitado nessa semana juntamente, se tudo correr dentro daquilo que nós esperamos também quitar o saldo que eles tem conosco do mês de junho" explicou.

Sobre as notícias de crise no elenco o presidente esclareceu: "Não existe nenhuma crise nem clima de greve. O que existe no Mixto é uma concentração para buscar a classificação para a Série C. Jogador em nenhum momento sinalizou que não quer trabalhar, não quer treinar".

Fonte: Mixtonet
20/08/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!