15.8.12

Mixto ainda não perdeu com Everton Goiano. Com Nonato inspirado, Tigre joga hoje no Dutrinha


Embalado e vice-líder da Chave A2 com 11 pontos somados, Mixto encara o Santos do Amapá esta noite no Dutrinha
Após vitória fora e goleada dentro de casa, Mixto pega o Santos-AP no Dutrinha
(Foto: Gilmar Ramos/Mixtonet)
Embalado pelas duas vitórias consecutivas - a última de 4 a 0 sobre o Comercial (PI) -, o Mixto recebe o Santos do Amapá hoje à noite, às 19h30 (horário de MT), no estádio Dutrinha, para consolidar de vez sua classificação à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Vice-líder da Chave A2 do torneio de acesso, o Alvinegro da Vargas tenta os três pontos para brigar até a última rodada da primeira fase com o invicto Sampaio Corrêa, que lidera a chave com 15 pontos ganhos em cinco jogos disputados.

Everton Goiano invicto no Mixto

Invicto desde sua chegada no clube com quatro jogos, duas vitórias e dois empates, o técnico Éverton Goiano tende a repetir a mesma formação que saiu jogando no último domingo. À exceção fica por conta da volta do volante Kiko, que cumpria suspensão automática e saída do volante Cleber, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá a suspensão.

Contente com a evolução da equipe nas últimas partidas, o treinador alvinegro prega respeito ao adversário, que é o penúltimo colocado do grupo com apenas três pontos somados na tabela de classificação. Éverton Goiano espera que seu time tenha o mesmo comportamento nas vitórias sobre Araguaína e Comercial. Isto é, marcação forte e saída rápida para o ataque.

Nonato em boa fase

Artilheiro do time na Série D com seis gols marcados, o atacante Nonato espera manter sua média de gol desde sua chegada no Mixto. Nas quatro partidas disputadas até agora, o jogador já balançou a rede seis vezes, tendo uma média superior de um gol por partida. Só contra o Comercial, Nonato fez quatro gols, entrando na briga pela artilharia do campeonato.

Mesmo sendo um dos principais nomes do elenco, Nonato demonstra preocupação com um todo do time. “O importante é o time jogar bem e somar os três pontos. Gol será uma consequência do que vamos produzir durante os 90 minutos de jogo. No meu caso a minha função é empurrar a bola para a rede adversária. Se tiver oportunidade de marcar não haverá dúvida de que vou tentar marcar e ajudar o Mixto a somar mais três pontos”, afirmou o ex-atacante do Bahia.

Fonte: Luiz Esmael / Jornal A Gazeta - Edição Mixtonet
15/08/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!