MIXTO PAGOU SALÁRIOS DE JUNHO, JUSTIÇA LIBERA DINHEIRO DE PATROCÍNIO


Hélio Machado pediu apoio da torcida e afirmou que dívidas estão sendo negociadas

Zagueiro Kall e goleiro Heverton Perereca
na manhã desta 6ª feira em conexão no aeroporto
de Brasília rumo a São Luís do Maranhão
O presidente do Mixto Hélio Machado informou ao Mixtonet que a verba do patrocinador master que havia sido bloqueada pela Justiça do Trabalho já foi liberada e os salários referentes ao mês de junho já foi pago para os jogadores que recebem através de deposito em conta, os jogadores que ainda não possuem conta bancária receberão das mãos do Gerente de Futebol Eduardo Henrique ao desembarcarem em São Luís (MA).

Ainda falta quitar o salário referente ao mês de julho, que deve ocorrer assim que o clube receber o patrocínio do Governo do Estado, previsto para ser liberado entre hoje e segunda-feira. Os jogadores que chegaram recentemente e trabalharam somente parte de julho, como o atacante Nonato, também já receberam.

Muito irritado, Hélio Machado criticou a forma como a mídia publica notícias sobre o Mixto. "No futebol brasileiro virou coisa comum um time atrasar um mês ou dois (de salário), não é certo mais é coisa que acontece. Mas no Mixto se atrasar 10 dias a imprensa transforma isso manchete". 

O presidente disse que o clube passa por um período de reestruturação e às vezes nem tudo acontece como o esperado. Lembrou que em sua gestão não existe nenhuma dívida trabalhista, mas "estamos pagando o preço das gestões anteriores que não cumpriram com suas obrigações".

O clube está negociando com a justiça do trabalho e diretamente com os advogados de jogadores que cobram do clube dívidas referente a gestões anteriores. Os acertos estão em estágios avançados, mas um grupo de 4 jogadores não aceitaram a proposta do clube de parcelamento das dívidas e por isso acionaram a justiça pedindo o bloqueio do repasse do patrocinador.

No entanto, após argumentação de que o clube está se empenhando para negociar as dívidas antigas, o juiz determinou a liberação do repasse e afirmou que não vai mais aceitar o bloqueio do mesmo enquanto o Mixto estiver saldando as dívidas.

Hélio pediu a compreensão da torcida mixtense e afirmou que a diretoria não está medindo esforços para solucionar de vez a crônica situação financeira do Mixto e disse ainda que na próxima semana o uma grande supressa deve ser anunciada à torcida.

Fonte: Mixtonet
24/08/2012