2.8.12

Contra o Santos-AP, Mixto terá 3 volantes, estreia de Paulo Almeida e Yuri no lugar de Cris


Nova formação: Técnico mexeu no Mixto, tirando Cris para entrada de Yuri e Robinho por Paulo Almeida

O decepcionante empate de 1 a 1 frente ao Araguaína (TO) na última rodada está forçando o técnico do Mixto, Éverton Goiano, a buscar os três pontos na partida contra o Santos do Amapá neste sábado pelo fechamento do turno da Chave A2 do Campeonato Brasileiro da Série D. Vice-líder do seu grupo com quatro pontos somados na tabela de classificação, o Alvinegro da Vargas quer obter uma das duas vagas à segunda fase o quanto antes do término da fase classificatória.

Uma vitória deixaria o time mato-grossense mais próximo da classificação, uma vez que encostaria no líder da chave, o Sampaio Corrêa (MA), que soma nove pontos. A rodada desenha ser boa para o Mixto, pois Sampaio, que lidera com certa folga e o Araguaína, terceiro colocado com três pontos, vão se enfrentar também no sábado à tarde, em Palmas (TO) - empate é o resultado ideal para a equipe alvinegra.

O objetivo de Goiano é entrar no returno na vice-liderança, abrindo três ou quatro pontos de diferença em relação ao terceiro colocado. 

Vencer lá em Macapá, na casa do Santos, nos deixaria numa posição muito boa para brigarmos pela classificação. O nosso objetivo até mesmo por que empatamos em casa contra o Araguaína é conquistar outra vitória fora de casa. Nos deixaria em ótima situação para passarmos à segunda fase”, afirmou o comandante alvinegro.

Apesar de desejar resultado positivo, Éverton Goiano acena para um esquema tático mais cauteloso. Ele está preocupado com o setor defensivo e confirmou a estreia do volante Paulo Almeida, campeão brasileiro pelo Santos em 2002. O jogador já se encontra no seu melhor condicionamento físico e entrará na vaga do meia Robinho.

Confirmada a mudança, o Mixto passa a atuar com três volantes, além de Almeida, dará proteção a defesa Cléber e Kiko. Segundo Goiano, o time ficou muito exposto no jogo diante do Araguaína, já que os dois alas, Ley (direito) e Julian (esquerdo) não tem características de marcação.

Outra troca no time alvinegro é a saída do zagueiro Cris por Yuri, ex-Cuiabá. O treinador confirmou que a mudança é por questão puramente técnica, pois Cris não foi bem no jogo passado, inclusive, falhando no lance do gol do Araguaína e muito criticado pela torcida.

Com a alteração, o meia atacante Igor desempenhará a função de elo entre meio campo ao ataque, que será formado por Nonato, autor do gol no empate contra Araguaína e Furlan atuando mais livre pelos dois lados do campo.

Além disso, Goiano quer tirar proveito do posicionamento de Nonato, que é homem de área para prender os zagueiros do Santos.

O Nonato segura bem os adversários lá na frente. Isso ajuda e muito a equipe, já que a defesa não irá se arriscar para o ataque. Além disso, o Nonato é referência dentro da área”, afirmou Goiano.

Fonte: Luiz Esmael / Jornal A Gazeta
02/08/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!