MIXTO ANUNCIA REFORMA DO ESTATUTO, REESTRUTURAÇÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO E NOVA FORMA DE GESTÃO


O Mixto parece que finalmente começa a dar passos rumo à profissionalização. Após anos de tiros no escuro, tropeços, decepções e amadorismo, começa uma movimentação interna para reformulação da estrutura do clube, incluindo a reforma do estatuto, do Conselho Deliberativo e Fiscal e nova forma de gerir o alvinegro.

O Conselho Deliberativo do Mixto prepara para o próximo dia 8 ou dia 10 (data a confirmar), às 19h00 no auditório do ginásio Aecim Tocantins, uma importante reunião que dará mais um passo nesse sentido. A principal ideia é trocar o atual regime presidencialista, no qual centraliza as decisões e ações do clube na figura do presidente, por um regime de Conselho Gestor (CG), descentralizando as ações e responsabilidades.

Em princípio o Conselho Gestor será composto por no máximo 10 pessoas, podendo ter no mínimo 6 membros, envolvidos separadamente em assuntos como Financeiro e Orçamento; Planejamento Estratégico; Comercial; Contábil; Jurídico; Marketing e Publicidade; Administrativo e Futebol (nesse último, separando o profissional, o feminino, o especializado e a categoria de base).

 Sendo assim, todas as decisões serão tomadas pelo Conselho Gestor. Apesar de internamente possuir funções específicas de cada membro, as decisões referentes a cada especificidade será de cunho coletivo do CG. 

Os membros do CG terão mandatos revogáveis a qualquer momento, se o Conselho Deliberativo julgar necessário. 

Todas as ações do CG deverão respeitar o princípio da publicidade e prestação de contas, transparência e gestão fiscal responsável, sob pena de ter o mandato interrompido pelo Conselho Deliberativo caso não cumpra com as obrigações.

A prestação de contas, registro de ações e publicidade dos contratos passará a ser lei no Mixto Esporte Clube, do modo como deve ser uma gestão pública eficaz e responsável.

Qualquer plano de ação ou projeto á ser implantado, no intuito de desenvolvermos o Mixto Esporte Clube, a questão será discutida e aprovada junto ao Conselho Deliberativo.

Para o tanto, a reunião do dia 10, deve instalar um processo de “estatuinte” para reformar e atualizar o estatuto do Mixto.

O Conselho Deliberativo (CD) será aberto para entrada de novos membros e passará a ter regras claras com direitos e deveres de cada conselheiro. A intenção é dar mais poder decisório para os membros do CD, que terão obrigações junto ao Mixto, como não faltar mais de 3 reuniões seguidas, sem justificativa plausível.

As contas e contratos do clube deverão ser autorizados pelo Conselho Fiscal, que também será reformulado. A intenção é tornarmos o Mixto fiscalizado da mesma forma como se fosse um órgão público, tendo no mínimo, 12 reuniões/ano ordinárias do Conselho Fiscal, onde será apresentado o balancete do Mixto aos conselheiros.

Dessa forma, traremos de volta credibilidade ao mais querido, o que facilitará buscarmos parcerias com outros clubes (alguns contatos com clubes do sudeste já foram iniciados) e empresas interessadas em se tornarem parcerias do Mixto.

Outro ponto que será implantado no Clube e amplamente discutido junto aos conselheiros será á organização de sua categoria de base e o lançamento do Programa Sócio Torcedor.

A reorganização do clube é encarada como forma do Mixto se profissionalizar e manter-se vivo, abandonando de vez práticas amadoras que somente dão margem para especulações e desconfianças, afastando investidores, parcerias e desmoralizando e afugentando o torcedor.

Para tanto, os torcedores e conselheiros não precisam, necessariamente, ter formação específica em finanças, contabilidade ou gestão administrativa. A sua presença nas reuniões do Conselho, participando da aprovação de novos projetos e PRINCIPALMENTE das prestações de contas do clube é o essencial. 


Diferentemente dos demais times da baixada cuiabana, que deixaram de existir por falta de interesse e ação do tempo, o mais querido tem uma vantagem que nenhum outro tem. Você!

Contamos com seu amor ao Mixto e sua presença neste dia!

Fábio Ramirez e Igor França Garcia

Fonte: Mixtonet
30/09/2012