1.10.12

Presidente garante Goiano e diz que situação financeira é a prioridade do Mixto


Everton Goiano segue prestigiado no Mixto
Passada a Série D e com a Copa Mato Grosso em andamento, a prioridade no momento no Mixto é “equilibrar as finanças”. O presidente Hélio Machado antecipou que a folha de pagamento será reduzida e quer a permanência do técnico Everton Goiano para 2013, mas admite que a situação financeira é a “grande dificuldade do momento”.

Pelo menos até o final da Copa Mato Grosso o treinador deve continuar no clube, mas a diretoria que sua permanência para a próxima temporada. “O ideal é dar seqüência ao trabalho, para não começarmos novamente tudo do zero. Já falamos isso com ele (Goiano), que tem uma proposta de Goiás, mas demonstrou interesse em continuar. A principal preocupação é mesmo com a situação financeira, com o cumprimento dos nossos compromissos”, frisou o dirigente.

Segundo Machado, “hoje o Mixto só pode contar mesmo é com o patrocínio da City Lar, que está rigorosamente em dia, pois o Governo atrasou o repasse referente ao Campeonato Brasileiro. Estamos priorizando a criação de um ‘lastro’, uma base financeira sólida e esta também é uma preocupação tanto do treinador como dos jogadores”.

A folha de pagamento, que hoje é de R% 160 mil, “será reduzida para R$ 80, 90 mil no máximo”, de acordo com Machado. “Para isso, dispensas vão acontecer”, admite. “Estamos priorizando este ajuste financeiro já pensando em um projeto para 2013, onde nosso objetivo é fazer uma grande campanha, disputar o título do Campeonato Estadual”. 

Do Governo o clube recebeu apenas R$ 50 mil referente ao repasse pela participação na Série D e na manhã desta segunda-feira estava em busca de recursos para quitar uma parcela da dívida trabalhista, em torno de R$ 40 mil.

Fonte: Craques do Rádio
01/10/2012

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!