Jogo entre Serra e Mixto teve agressão, falta de ambulância, partida paralisada e outras coisas. Vaga na Copa do Brasil vai para o tapetão


Integrante do Conselho Deliberativo do Mixto acompanhou Mixto x Serra em Tangará da Serra e narra a situação da partida
No jogo de ontem (sábado 24) entre Mixto e Serra em Tangará da Serra infelizmente aconteceu de tudo. Houve  atraso de mais de 40 minutos para início da partida devido a falta de ambulância e houve agressão do técnico, dirigentes e jogadoras ao árbitro da partida.

A partida teve várias paralisações, uma delas foi de 20 minutos devido o árbitro ter solicitado reforço de policiamento. O jogo reiniciou às 19h40 e não tinha nenhum representante da federação presente no estádio, ou seja, aconteceu de tudo.

A equipe do Serra quer ser campeã a qualquer custo. O bandeirinha era de Tangará da Serra e anulou um gol legítimo da jogadora Sol.

Mudaram o horário do jogo lançando uma resolução com data retroativa, só ficamos sabendo das alterações minuto antes da saída de Cuiabá.

Sem contar que a federação não elaborou um regulamento para a competição e não realizou reunião do arbitral. Infelizmente esse é o cenário quando se trata de futebol feminino.


O Mixto venceu a primeira partida por 2 a 0 e perdeu o jogo de volta por 3 a 2, sagrando-se assim campeão da Copa FMF de Futebol Feminino.

Mas a situação de quem fica com a vaga na Copa do Brasil ainda não foi decidida e o TJD deve se reunir para julgar uma suposta irregularidade de uma jogadora do Mixto no primeiro jogo. Estamos aguardando a súmula do árbitro do jogo para também entrar com recurso.

Arley Carlos Silva - Membro do Conselho Deliberativo do Mixto

Fonte: Mixtonet - Foto: Pedro Lima / Olhar Esportivo
25/11/2012