28.2.13

Hélio diz que projeto é o Mixto na Série B do Brasileiro. Investidores construirão CT e negociarão dívidas. Eduardo não continua


O presidente Hélio Machado conversou com o elenco de jogadores na tarde desta quinta-feira, no CT Brasil Central. Na conversa foi apresentado o novo projeto do Mixto, impulsionado por um "grupo de investidores".

Segundo o presidente, uma das metas do projeto é levar o Tigre à Série B do Campeonato Brasileiro, até 2015.

"Esse grupo pretende trabalhar em três frentes. Uma frente é a construção de Centro de Treinamento para o Mixto; uma outra é sanar as dívidas trabalhistas do Mixto; e a outra frente é cuidar da parte financeira atual do Mixto, não deixar mais ter problemas de pagamento e com isso dar credibilidade para que tenha patrocínios", explicou Hélio Machado.

O clima era de despedida e foi a última conversa do treinador Eduardo Henrique como técnico do Tigre.

A diretoria ainda tenta convencer Eduardo a continuar no Mixto, mas como diretor de futebol. No entanto, Henrique tem declarado que não continuará no Mais Querido pois pretende seguir a carreira de treinador.

"Sou um treinador que tem apenas 33 anos, tenho muito que viver pela frente ainda. Vou continuar nessa carreira de treinador. Então o Mixto segue a vida dele e eu vou seguir a minha", disse Eduardo.



Veja mais vídeos em

Campeão da Copa Mato Grosso, Eduardo Henrique deve deixar o Mixto após empatar com o Luverdense fora de casa, derrotar o Cuiabá e colocar o Mixto no G4 do Mato-grossense

Texto: Mixtonet - Vídeo: TV Centro América - Foto: Otmar de Oliveira
28/02/2013

3 comentários :

Ivo junior disse...

Blog do Antero e Site do Salaka

Escrevo hoje um artigo sobre os destinos do Mixto. Eder Moraes, depois de se transformar em secretário problema para os governadores Blairo e Silval, depois de destruir a candidatura de Ludio Cabral resolve mandar no Mixto, com a conivência do presidente Hélio Machado, que abdicou do exercício do cargo, para se transformar em uma verdadeira rainha no clube mais querido de Mato Grosso.

Com Eder, o Mixto precisa ser investigado, para ver se a instituição não vai, ou já está transformada em estrutura para lavagem de capitais. O artigo mostra a indignidade de Hélio Machado, com um dos seus principais colaboradores, o ex-treinador Eduardo Henrique, já substituído no comando do clube por Claudio Adão, atendendo ordens de Eder Moraes.


Ivo junior disse...

Pessoa bom dia gostaria que todos vissem o site do Antero sobre esse assunto

Chacal disse...

Vocês ainda acreditam nesse fanfarrão e incompente Helio Machado?
No lugar do CT prometido ficarão as dívidas escondidas que a AFAM vai deixar novametne no clube.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!