2.3.13

Cláudio Adão reclama das vaias recebidas na substituição do atacante Paulo Henrique


Cláudio Adão comandou o Tigre na vitória contra o Vila
(Foto: Robson Boamorte/Globoesporte
Cláudio Adão deixou o gramado do Dutrinha reclamando da torcida do Mixto. O técnico não gostou de ser chamado de burro, ao efetuar a substituição do atacante Paulo Henrique pelo meia Eder Belém.

Segundo informações levantadas pelo Mixtonet, a substituição teria partido de um pedido do próprio atacante, que estava sentindo tonturas em campo.

"Eu achei até engraçado a torcida me chamar de burro. Jogamos com lateral que não é lateral, meia que não é meia. Não temos peças de reposição. Ainda estou conhecendo o elenco, cheguei agora, outro no meu lugar estaria na arquibancada assistindo o jogo, mas sou homem. Não vim para roubar o Mixto, pelo salário que eu acertei dá para saber que não vim para roubar. Tem que ter respeito com a minha figura. Mas estou tranquilo, sei que o torcedor vai pela paixão", declarou Cláudio Adão (Craques do Rádio).

Cláudio Adão se apresentou ao Mixto na sexta-feira, comandou somente um treino e não teve tempo nem de memorizar os nomes dos atletas. "Ô meu lateral, abre. Avança meu volante. Vai para cima meia" (Globoesporte), assim era a forma encontrada por Adão para se comunicar durante o jogo. 

"Foi difícil decorar os nomes. Não conheço ninguém. Fui gravando ao longo do jogo. Parecia que tinha voltado a escola. Mas está bom. Eu cheguei ontem." afirmou Adão em matéria publicada pelo Globo Esporte.

Na entrevista coletiva, após a vitória, Cláudio Adão disse que três reforços devem chegar, todos indicado por ele, um meia e dois laterais.

Fonte: Mixtonet - Craques do Rádio/Rádio Industrial-Band - Globoesporte
02/03/2013

1 comentários :

Aquino disse...

Foi um absurdo mesmo essa torcida do mixto fazer isso com um técnico que mal conhece os jogadores. Sou mixtense, mas não aprovo essas coisas. A torcida devia preocupar com os objetos jogados por seus componentes em campo. Isso vai fazer o mixto perder o mando de campo.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!