22.3.13

Mixto fará cerca de 8 dispensas. Tigre enfrenta o REC e tem briga boa por vaga no time titular


Cláudio Adão começa montar seu padrão de jogo
O Mixto viverá neste final de semana dias de definições. Primeiro porque tem uma “parada indigesta” contra o Rondonópolis no Luthero Lopes. Só para lembrar, o time rondonopolitano ganhou aqui no Dutra por 2 a 1. Além disso, o REC ainda tem possibilidades de classificação para a segunda fase da competição. Segundo, porque o Mixto precisa dispensar pelo menos uns 8 jogadores, tendo em vista as contratações feitas.

Antes de mais nada, precisa definir para esta sexta-feira, as situações do atacante Felipe Adão, o volante Helber e do meia Robinho. Eles assinaram contrato, as transferências foram pedidas, mas ainda não entraram no BID. Felipe Adão estava no Equador, Helber no Botafogo e Robinho no Santa Cruz de Salinas-PE.

Igor e Kiko estão liberados

O goleiro Igor e o volante Kiko estão à disposição do técnico Cláudio Adão, depois de cumprirem suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Porém, tanto André Luiz (goleiro) como Kall de volante, foram bem. A tendência é a manutenção dos que jogaram contra o Cacerense. Principalmente o goleiro André Luiz. Vai ser um “bom” problema para Cláudio Adão.

Clima é dos melhores

Exceto a briga pela condição de titular, fora de campo o clima é ótimo. O pagamento de salários, feito por Eder Moraes logo após o jogo contra o Cacerense, amenizou a ansiedade de muitos. Os mais afoitados, pensaram até em fazer greve, com apenas 10 dias de atraso. O mês de fevereiro venceu no quinto dia útil (7 de março). Como foi pago no dia 20, foram apenas 13 dias de atraso.

Fonte: Orlando Antunes/Soccer MT - Foto: Olhar Esportivo
2203/2013

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!