25.4.13

Após ser campeão como jogador pelo Flamengo, Vasco, Bahia e Corinthians, Adão quer pelo Mixto o primeiro título como treinador



Tri-campeão brasileiro, hexacampeão carioca, campeão paulista, baiano, cearense, português etc, com as camisas do Flamengo, Vasco, Botafogo, Ceará, Bahia, Corinthians, Santos. O currículo do jogador Cláudio Adão dentro de campo é recheado. Ele passou pelos principais clubes do país e ganhou quase tudo o que disputou. Marcou 862 gols, por 27 equipes diferentes. Agora, o ex-atacante busca o seu primeiro troféu em sua curta carreira como treinador.

Ele assumiu o Mixto no meio do Campeonato Mato-grossense, ficou seis rodadas invictos - estreou contra o Vila Aurora pela 10ª rodada - e classificou a equipe para a final, que começa neste domingo, contra o Cuiabá. Quando foi contratado, confessou que "não era nada como treinador". Porém, a história pode começar a mudar.

"A ansiedade é grande, tenho certeza que vamos conseguir esse título muito importante para todos. O Cuiabá é um time gabaritado, tem um bom treinador e está na Série C. Mas estamos confiantes na conquista" disse Adão.

Para ele, a conquista será um reconhecimento ao trabalho desenvolvido.

"Fiz vários cursos depois que parei de jogar. Tive a oportunidade de ter o Parreira, Zagallo, Luxemburgo, Oswaldo de Oliveira como professores. Busquei me reciclar, pois o futebol é dinâmico. Sem contar as diversas preleções que vi ao longo da carreira, como as do Telê Santana. Acredito que aprendi bastante com isso" afirmou.

Ele afirma ter conquistado 18 títulos no Flamengo, e quase 40 ao longo da carreira. Como treinador, iniciou no Sport Boys (Peru) em 1997 e passou ainda pelo CSA-AL, Volta Redonda-RJ, Metropolitanos-SC, Ferroviário-PE, Duquecaxiense-RJ e Legião-DF. Sempre com campanhas razoáveis.

"É a minha grande oportunidade de título. Temos um grupo bom que está focado nisso. Cheguei sob a desconfiança de todos no Mato Grosso. Agradeço ao Eduardo Henrique [ex-treinador do Mixto] que deixou o time montado" completou.

Após uma partida contra o Mato Grosso, Adão afirmou que o clube não havia perdido, pois ele "tinha estrela". Por ora, tem provado isso no Mixto, que não chegava em uma final de Estadual desde 2008, ano do último título.

Mixto e Cuiabá iniciam a busca pelo título estadual neste domingo, às 15h, no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra.

Fonte: Robson Boamorte/Globo Esporte - Foto: Anna Larissa/Correio 24h
25/04/2013

4 comentários :

ANTONIO DOS SANTOS SILVA disse...

Quando aquí chegou o treinador Claudio Adão, fiquei revoltado porque o Eduardo Henrique estava fazendo um belo trabalho no Mixto, e inclusive eu fui um dos que vaiaram o novo treinador no primeiro jogo, parecia uma barata tonta na beira do gramado. Hoje, com o trabalho que ele (Claudio Adão) vem realizando no Tigre, dou a mão à palmatória, faço mea-culpa e peço perdão pelos palavrões que disparei naquele primeiro jogo. Tenho certeza que seremos campeões. Avante Mixtão.

Anônimo disse...

Tem que falar para pessoal do Mixto disponibilizar a meia entrada no sábado também, muita gente reclamando e já fiquei sabendo que irão mover ação contra o clube via procon e mp por isso, é brincadeira dirigentes do Mixto, eita pessoal que gosta de um rolo

MARCÃO disse...

Da desconfiança para a certeza. Hoje temos certeza que temos um grande time para disputar a final. Temos um time unido e aguerrido dentro de campo, que sua a camisa pela torcida e pelo seu treinador. Treinador que chegou sereno, mas deixando muita dúvida na torcida. Aos poucos isso foi mudando. A cada jogo ele ia conquistando cada vez mais a torcida. Hoje estamos vendo que o time esta no caminho certo e que ele Cláudio Adão sabe o que fazer durante os jogos. Cláudio Adão, você conquistou a nação alvinegra! Parabéns! Você está fazendo um excelente trabalho no MIXTO. Com todo respeito ao time do cuiabá, mas agora "ninguém tira". Vocês deixaram o TIGRE chegar na final, agora a camisa pesa, a história pesa, a tradição pesa. Ninguém segura mais. Com todo respeito ao time de vocês, mas Seremos CAMPEÕES. Com muita HUMILDADE, com muito TRABALHO, com GARRA, com RAÇA e principalmente com muita UNIÃO, o resultado virá com CERTEZA. Será uma grande final.
Vamos lá MIXTÃO, é hora de mostrar a FORÇA de sua CAMISA e da sua TRADIÇÃO.

MARCÃO disse...

É importante ressaltar que esse elenco deve ser mantido e reforçado para a disputa da série D. Já estamos começando a ter um padrão de jogo com uma base definida. Não podemos desfazer o elenco e começar do zero, isso seria um retrocesso.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!