Eder Moraes lamenta perda do título e afirma que Cláudio Adão segue no comando do Mixto: "Ele continua para o torneio de acesso"


Eder lamentou o título que escapou
(Foto: Chico Ferreira/A Gazeta)
Principal colaborador do Mixto no Campeonato Mato-grossense deste ano, Éder Moraes foi um dos que mais sentiram a perda do título de campeão. Mas o dirigente faz questão de valorizar a campanha desenvolvida pelo time comandado pelo ex-jogador Cláudio Adão, que chegou no clube ainda o turno da primeira fase do Estadual.

De acordo com Moraes, o vice-campeonato deve ser bastante valorizado pelo fato do clube ter assegurado pela segunda vez sua participação no Campeonato Brasileiro da Série D deste ano - a primeira ocorreu ano passado.

Ainda estou com a enxaqueca da derrota. Mas não podemos de deixar de lado o mais importante: garantimos vaga na Série D. Este era o nosso maior objetivo nesta temporada. Disputar a competição e brigar pelo acesso à Série C do próximo ano”, afirmou.

Colaborador ao articular patrocínios para o clube, Éder Moraes não esqueçe de destacar a evolução do time com a contratação de Cláudio Adão.

O Cláudio Adão foi decisivo para garantirmos a vaga à Série D. Deu um padrão de jogo ao time. Passamos a jogar mais conjuntamente. Quando da sua contratação, o Adão nos garantiu que iria colocar o Mixto na Série D e hoje estamos na competição. Ele continua para o torneio de acesso”, disse Éder, que bancou a contratação do ex-jogador para substituir Eduardo Henrique.

O dirigente garantiu que haverá contratação de reforços para competição nacional.

O Mixto está no Grupo A5 da Série C e terá como adversários times como Aparecidense, Goianésia, ambos do futebol de Goiás, Brasília (DF) e Águia Negra (MS).

Fonte: Luiz Esmael/Jornal A Gazeta
07/05/2013