carrocel principal

5.5.13

FINAL DO MATO-GROSSENSE VAI PARA OS PÊNALTIS, MIXTO DESPERDIÇA TRÊS COBRANÇAS E DEIXA O TÍTULO ESCAPAR


O Tigre entrou com a vantagem de empatar o jogo para sagrar-se pela 25ª vez campeão de Mato Grosso e até o intervalo do jogo estava levando a taça, quando vencia por 1 a 0. Mas no segundo tempo o adversário acabou virando o jogo e a decisão do título foi para os pênaltis, a famosa loteria do futebol. O Alvinegro acabou desperdiçando duas cobranças, terminando 3 a 2 nas penalidades e deixando o título escapar.
Torcida do Mixto era novamente maioria absoluta nas arquibancadas, mas viu a pequenina torcida adversária comemorar o título (Foto: Mixtonet)
Primeiro tempo

Com Igor e Marcão no ataque o adversário começou o jogo com uma escalação ofensiva e começou atacando, pressionando o Mixto, que não conseguia sair. A melhor chance foi aos 13 minutos quando William Kremer acertou a trave do goleiro André.

Só a partir dos 17 o Mixto conseguiu chegar mais próximo a área do rival. 

Aos 31 o Mixto abriu o placar. O goleiro Laênio deu rebote em um chute da entrada da área pelo lado direito e após um bate-rebate o atacante Felipe Adão subiu mais do que o goleiro e a zaga para fazer de cabeça 1×0 para o Alvinegro.

O Cuiabá sentiu o gol e o ritmo do jogo caiu de produção.


Segundo tempo

Logo no começo do 2º tempo, aos 3 minutos, o Alvinegro cedeu o empate. Marcão, também de cabeça, aproveitando cruzamento que veio da direita, descontou no placar.

O gol deixou o jogo equilibrado, mas aos 13 minutos o Mixto sofreu o segundo gol: Laênio acionou Fernando, que puxou o contra-ataque, tabelou com Igor e bateu pro gol para fazer 2×1, virando o placar.

Dominando o meio-campo, o oponente era melhor na partida, chegando com frequência a área mixtense. O Mixto se defendia e não conseguia articular jogadas ofensivas.

Fim de jogo e a decisão do título foi para os pênaltis, pois no placar agregado (dois jogos) os times empataram por 2×2 (vitória do Mixto por 1 a 0 no primeiro jogo e derrota por 2 a 1 no segundo). Nos pênaltis o Tigre errou três cobranças e perdeu por 3×2.

Nas penalidades, marcaram para o adversário: Natan e Fernando – Renan errou (o goleiro André defendeu); Para o Mixto fizeram: Kall e Paulo Henrique – erraram Robinho (Laênio defendeu), Jorginho (na trave) e Felipe Adão (Laênio defendeu).

Os times: 

Cuiabá – Laênio; Jackson (Natan), Reinaldo, Andriano Paraná e Natanael; Bogé, Jean, William Kremer (Fernandinho) e Fernando; Igor (Renan) e Marcão.

Mixto – André; Dudu, Odail Júnior, Kal e Jorginho; Kiko, Vitor (André Luis), Jamba (Jean) e Robinho; Marclei (Paulo Henrique) e Felipe Adão.

Texto: Mixtonet com Craques do Rádio
05/05/2013

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!