Grupo de conselheiros protocola documento à presidência pedindo prestação de contas e esclarecimentos sobre parcerias e jogadores


Elber Rocha, presidente do Conselho Deliberativo
Durante a reunião do Conselho Deliberativo realizada quarta-feira (15) um grupo de conselheiros, parte deles ligados à torcida organizada, protocolou um documento na presidência do conselho pedindo prestação de contas e esclarecimentos sobre jogadores e parcerias do clube. O documento sugere um prazo de 15 dias para a resposta e foi recebido pelo secretário Arley Carlos.

O presidente do conselho Elber Rocha encaminhou para o presidente do clube Hélio Machado, ambos disseram que uma reunião será marcada para apresentação dos documentos. Aguardaremos o desfecho.

O Mixtonet teve acesso ao documento protocolado, confira:


Página 1 clique aqui e Página 2 clique aqui

"Ao presidente do Conselho Deliberativo Elber Rocha.
Para encaminhamento ao presidente do Mixto Hélio Machado da Costa.

CUIABÁ, 15 DE MAIO DE 2013.

Usufruindo nossos direitos e deveres de Conselheiros do Mixto Esporte Clube, eleitos na Assembleia Geral do dia 20 de dezembro de 2010, solicitamos oficialmente da diretoria executiva prestação de contas detalhada do ano vigente, contendo: 

Balanço Financeiro; Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE); Valores repassados por patrocínio e contribuição espontânea; valores, formas e condições de empréstimos; demonstrativo e folha salarial do elenco de jogadores do futebol profissional, da comissão técnica e de funcionários do clube.

Justificativa

Antes que criticas pessimista sejam feitas, reiteramos que a prestação de contas é fundamental para termos o real quadro financeiro e organizativo do Mixto, ponto de partida para qualquer planejamento. Não é possível discutirmos campanha e contribuição financeira sem antes soubermos como está sendo movimentado o clube e qual o objetivo de aplicação dos novos recursos que haverá de vir.

Além do mais, a publicidade e transparência tende a proteger os dirigentes do Alvinegro contra especulações e falácias. Trás confiança e credibilidade perante futuros parceiros e a imensa torcida alvinegra.

É dever do Conselho Deliberativo, de sua direção e membros, acompanhar, ajudar, sugerir e aprovar as contas, negócios e parcerias que o clube executa.

A prestação de contas solicitada deve ser apresentada internamente ao Conselho Deliberativo, e uma versão resumida (DRE) publicada aos torcedores e parceiros.

Apelo

É preciso colocar o Mixto “de volta aos trilhos”. Não são aceitáveis notícias quase diárias de calotes e dívidas manchando o escudo do maior patrimônio esportivo de Mato Grosso. Todos os conselheiros aqui presente têm responsabilidade sobre isso. Se a diretoria executiva age sem planejamento e organização, parte da culpa está entre nós que não fiscalizamos e nem cobramos. 

A torcida, principal e único patrimônio que restou a nosso clube não aguenta mais tanta humilhação. Na próxima semana, 20 de maio, o Tigre completa 79 anos e a diretoria e o conselho precisa ter mais respeito com a história e os milhares de jovens, adultos, idosos e crianças que depositam suas emoções no Mixto.
Aumentar dívidas sem receita é uma grande irresponsabilidade com o Mixto, é preparar o enterro do sentimento de milhares de pessoas, de parte da história de Cuiabá.

Aguardando o posicionamento da presidência do Conselho Deliberativo e resposta da diretoria executiva, agradecemos a todos e sugerimos o prazo de 15 dias para a apresentação dos documentos."

Texto: Mixtonet - Ofício: Mixto EC
16/05/2013