MIXTO DOMINA A PARTIDA, JOGA MELHOR MAS PECA NAS FINALIZAÇÕES E PERDE PARA O ÁGUIA NEGRA POR 2 A 1


Mesmo sendo superior na maior parte do jogo, o Mixto perdeu para o Águia Negra-MS por 2 a 1 no estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante-MS. O Tigre criou muitas oportunidades e chegou por diversas vezes com chances de gol, mas sentiu a falta de um homem-gol, um finalizador nato que empurrasse a bola para o fundo da rede. O gol do Mais Querido foi marcado pelo zagueiro Odail Junior em cobrança de falta.

Primeiro tempo

O time cuiabano entrou em campo decidido a buscar a vitória. "Vamos manter o mesmo esquema tático da primeira partida, um 4-3-3 com bola e 4-4-2 sem ela. Respeitamos a forte equipe do Águia mas vamos em busca dos 3 pontos", explicou o técnico Ito Roque antes da partida. Ray era o homem mais adiantado no ataque, com Ley atuando de ponta de lança e Geovani no meio campo, ambos apoiando o ataque.

Com a bola rolando o Alvinegro começou com gás total. Logo nos primeiros 10 minutos o Mais Querido quase abriu o marcador em três ocasiões, duas com Ley e uma Ray.

O Águia Negra só conseguiu levar perigo a meta alvinegra aos 12 minutos, quando Ralph falhou mas o zagueiro Kall tirou a bola da área. O Mixto respondeu no contra-ataque mas foi infeliz na finalização, diferente do Águia que, logo em seguida, conseguiu marcar o primeiro gol aos 15 minutos de jogo. 

O time sul-mato-grossense estava satisfeito com o placar e atuava recuado, marcando o time do Mixto do meio campo para traz esperando o contra ataque. Enquanto o Águia dava só "chutão" o Mixto mantinha a posse de bola, tocava bem, criava as oportunidades mas não conseguia finalizar com sucesso.

O Tigre dominava e o gol parecia uma questão de tempo, mas não aconteceu. O Mixto ainda teve chances de marcar com Felipe Blau, Ray e Geovani mas o marcador não se alterou mais.


Segundo tempo

Na etapa complementar a história do jogo continuou o mesma, com o Alvinegro dominando e criando as melhores oportunidades mas sem conseguir finalizar com sucesso, enquanto o Águia Negra atuava recuado tentando o contra-ataque.

 Se o ataque não conseguia marcar, a zaga chegou para resolver. Aos 39 minutos o zagueiro Odail Júnior marcou o gol do Mais Queiro de MT em cobrança de falta - a bola ainda quicou no morrinho de artilheiro antes de morrer no fundo da rede. Finalmente parecia que o Tigre iria embalar e virar o jogo. 

Mas logo em seguida veio o castigo. Dois minutos depois o time de Rio Brilhante chegou em contra-ataque, arriscou de fora de área e a bola desviou na zaga e entrou, 2 a 1 para o Águia.

O Mixto ainda esbouçou uma reação, mas no finalzinho teve o atacante Ray expulso. Se com atacante em campo não marcava sem atacante a situação parecia não ter mais jeito. O Tigre pagou o preço de não ter um finalizador em campo.

A Série D faz uma pausa para a Copa das Confederações e retorna em julho. A próxima partida do Tigre será contra o Goianésia, no dia 07 de julho no estádio Dutrinha.

Ficha técnica

- Partida: Águia Negra 2 x 1 Mixto

- Competição: Campeonato Brasileiro Série D (2ª rodada da 1ª fase)

- Local: Estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante-MS

- Gols: Neto 14' 1T (Águi Negra); Odair 38' 2T (Mixto); Cléber 41' 2T (Mixto)

- Árbitro: Leandro Junior Hermes-PR

- Assistentes: Moises Aparecido de Souza-PR e Rafael Trombeta-PR

- Mixto: Maurício Telles; Bira (Léo), Odail Júnior, Kal e Ralf; Kiko, Cleber (Furlan), Felipe Blau e Geovani; Rai e Ley (Lucas Newton).

Texto: Mixtonet - Fotos: Thalyta Andrade
09/06/2013