Carlos Brito diz que não vai mudar dia do futebol americano. Mixto preocupado com qualidade e marcação do gramado


Para Carlos Brito e Mauro Mendes Futebol Americano é prioridade (Foto: RD News)
O Secretário de Esporte Carlos Brito afirmou que não vai mudar o horário e local da partida de futebol americano do Cuiabá Arsenal. O time cuiabano jogará no Dutrinha sábado contra o Jacarés do Pantanal-MS, pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Americano. Apenas um dia depois, no domingo, o Mixto fará a partida mais importante do ano, contra o Resende-RJ pelas oitavas de final da Série D.

A preocupação da diretoria mixtense é com a qualidade do gramado, que estaria sendo prejudicado com as partidas de futebol americano. Outro argumento é quanto a marcação do campo, que mesmo com limpeza e remarcação permanece e pode atrapalhar o jogo. Em um dos jogos do Cuiabá EC pelo Brasileiro Série C o juiz da partida chegou a anotar na súmula as marcações do futebol americano que estavam destacadas no campo.

Segundo relato de um ex-dirigente do Mixto, que conversou com o Secretário, Carlos Brito disse que uma equipe lavará o gramado do Dutrinha para apagar as marcações do futebol americano deixando o campo em condições de uso para o jogo do Mixto. Brito falou também que o futebol americano dá visibilidade para a cidade e é prioridade da atual administração da prefeitura, por isso o horário não seria alterado.

Já o presidente do Mixto Eder Moraes, reclamou da dificuldade de fazer futebol profissional disputando espaço com o futebol americano num gramado sem condições de uso.

"É difícil fazer futebol assim. Como posso cobrar dos jogadores futebol de qualidade jogando em um gramados desses. O Dutrinha está sem condições de uso e o futebol americano está piorando o gramado. E ainda corremos o risco de sermos punidos pela CBF pelas marcas que ficam no gramado", disse Moraes.

Uma coisa é certa, para o Secretário Carlos Brito e o prefeito Mauro Mendes, o futebol profissional cuiabano não tem sido prioridade, mesmo a capital mato-grossense sendo sede de Copa do Mundo. O que chega a ser absurdo. A impressão que fica é que para eles, Brito e Mendes, um acesso do clube mais importante de Mato Grosso, o Mixto, não é relevante. 

Texto: Mixtonet
02/09/2013