13.9.13

Sem adversário definido, Éder Morais vê Mixto-MT prejudicado por imbróglio na Série D



Os jogos de ida das quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro serão disputados nesse domingo e segunda-feira, mas um time classificado ainda não conhece seu adversário e não sabe quando vai jogar. O Mixto-MT avançou para essa fase, mas devido ao polêmico jogo entre Tupi e Aparecidense, que foi anulado, espera a decisão do STJD na próxima semana para saber quando volta a jogar.
Em entrevista ao Portal Futebol Interior, o presidente do clube mato-grossense, Eder Moraes, afirmou que o clube está sendo prejudicado por essa situação, já que sofre com uma interrupção na sequência do trabalho enquanto espera a definição de seu próximo adversário.
“Nesse episódio lamentável, o Mixto também está sendo prejudicado porque ocorre uma quebra de sequência no trabalho. Independente disso, acreditamos e confiamos na CBF na decisão que será tomada pelo STJD, confiantes de que será a melhor decisão para o futebol brasileiro”, afirmou.
Moraes ainda disse que é contra a marcação de uma nova partida, já que isso seria benéfico ao Aparecidense.
“Se marcar um novo jogo, está beneficiando o próprio Aparecidense. No entanto, o Tupi também tem que ser punido e não deveria receber mais nenhuma partida em seu campo nessa Série D, já que o mando de campo era deles e havia um elemento estranho no campo. O mais correto seria proibir que o Tupi mandasse outros jogos lá para não gerar insegurança aos times que vão enfrenta-lo”, completou.
Enquanto os demais times classificados disputam as quartas de final, o Mixto segue se preparando para não perder o ritmo de jogo. Nesse domingo, o elenco comandado pelo técnico Ito Roque disputa um amistoso contra o sub-18 do Brasil Central.
 
Fonte: Site Futebol Interior

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!