13.9.13

Tim vê momento favorável: “O clima estão tão favorável que acho e não me lembro o Mixto numa situação tão boa, tão próximo do acesso"


No aguardo pela definição do adversário nas quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D, o Mixto trabalha firme no sentido de que nada atrapalhe o projeto de acesso à Terceira Divisão do Nacional. Contratado para comandar o departamento de futebol do clube, o ex-jogador Vicente da Rocha Filho, o Tim, ressaltou que o Alvinegro da Vargas, talvez, nunca ficou tão próximo de voltar à Série C como o atual momento desde da queda em 2009.
 
“O clima estão tão favorável que acho e não me lembro o Mixto numa situação tão boa, tão próxima do acesso. Porém, é bom deixar claro que estamos trabalhando com os pés no chão, humildemente, pois ninguém ganha ou se classifica de véspera”, afirmou o dirigente, responsável pelo planejamento até a definição entre Aparecidense (GO) e Tupi (MG) como adversário na disputa pelo acesso e automaticamente à fase semifinal do campeonato.
 
Uma das ações traçada pela comissão técnica é acompanhar o jogo decisivo in-loco entre Aparecidense e Tupi, caso o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decida remarcar outro confronto para se conhecer o classificado da partida polêmica em que o massagista Esquerdinha, do time goiano, evitou o terceiro gol do representante de Juiz de Fora no último domingo.
 
Para Tim, caso seja marcado um novo duelo, o interesse maior é conhecer melhor o time do Tupi, uma vez que o Aparecidense foi rival do Mixto na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D com uma vitória para os mato-grossenses e empate sem gols em Aparecida de Goiânia.
 
“Já está decidido: se houver novo jogo iremos viajar para assistir de camarote. Precisamos ver o Tupi. Trata-se de um bom time, mas temos que aprofundar nossas informações”, frisou o gerente de futebol.
 
Sem querer falar em nome da diretoria e comissão técnica do Alvinegro, Tim afirma que para se fazer justiça, o Tupi é quem deve ficar com a vaga nas quartas-de-final da Série C. “Para moralização do futebol, o Tupi é quem tem direito a vaga. É o maior prejudicado em toda essa lambança feita pelo massagista”, finalizou o ex-jogador alvinegro, acreditando na decisão do STJD.
 
Fonte: Jornal AGazeta


1 comentários :

Anônimo disse...

Se tiver outro jogo é bom o Mixto não só assistir como seria bom filmar para que seja traçado algum esquema de jogo e mostrado aos jogadores tambem

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!