11.10.13

Elenco está de folga até segunda-feira. Geilson e atletas de fora devem ser dispensados


Eliminado da Série D do Campeonato Brasileiro e na disputa da Copa Mato Grosso, o futuro dos principais jogadores do Mixto ainda depende de uma reunião entre a comissão técnica e o presidente Éder Moraes. Ela deveria ter acontecido na quarta-feira, mas foi adiada até que o mandatário consiga um espaço em sua agenda. 

Após perder para o Tupi e ver o sonho de acesso para a Série C acabar, o elenco ganhou folga até segunda-feira, já que o time volta a disputar uma partida somente no dia 23 de outubro, contra o Luverdense, pela Copa Mato Grosso.

Até lá, a equipe deve ser bem diferente daquela que disputou a Série D, já que a Copa Mato Grosso é um torneio sub-23 e apenas cinco atletas acima desta idade podem ser escalados. A permanência do treinador Ito Roque também é uma incógnita.

"Tudo irá depender do que for discutido na reunião, inclusive a situação do treinador. Vamos manter uma base, mas como o torneio é sub-23, muitos atletas deverão sair, para diminuir custos. Devemos ficar com uns seis ou sete jogadores acima da idade" disse José Vicente Tim, gerente de futebol do clube.

Jogadores como Geilson, Jonatas Obina, Rafael Paty, Felipe Blau e Wellington devem puxar a fila de dispensa. O presidente do time foi procurado pela reportagem, mas não atendeu as ligações.
Alto salário de Geilson estaria fora da "nova realidade do clube"
Fonte:  Robson Boamorte / Globo Esporte (texto e foto)
11/10/2013

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!