14.10.13

OSVALDO JUNIOR É "BARRADO" PELO BRASIL CENTRAL, GEÍLSON CONTINUA


Preparador de goleiros e já com uma curta passagem como técnico, o ex-goleiro Júlio César será o técnico do Mixto na sequência da Copa Mato Grosso. Pelo menos por enquanto. O acerto com Osvaldo Júnior acabou não dando certo. No elenco foi mantida a “base local” que disputou a Série D e também o atacante Geílson.

O preferido do presidente Eder Moraes para assumir o time era Oswaldo Júnior, hoje técnico da Escolinha do Santos, em Cuiabá. Ele, inclusive, deveria ser apresentado nesta segunda-feira, mas o Alvinegro se viu “obrigado” a desistir dos seus serviços.

- O Oswaldo teve um problema no passado com a diretoria do Brasil Central e não seria bem vindo no clube, que é o local onde nós treinamos. Hoje não temos condições de bancar um outro local para os treinos e em função disso achamos por bem procurar uma outra alternativa – afirmou o dirigente, acrescentando que “o problema entre os dois parece que surgiu quando o Júnior saiu para trabalhar como auxiliar-técnico do Gaúcho (Luis Carlos) no Luverdense (em 2011).

A efetivação de Júlio César para toda competição, no entanto, não está confirmada. “Pelo menos por enquanto é ele, até termos uma definição de outro nome, ou não. Priorizo alguém daqui, pois se vier de fora terá que vir pelo salário limpo, sem custeio de outras despesas, como moradia, por exemplo”, explicou Eder, sem revelar nomes.

Já o técnico Oswaldo Júnior não escondeu sua decepção com o desfecho da história:
- Já estava tudo certo e sinceramente não vejo motivos para o Brasil Central vetar meu nome. Trabalhei lá honestamente, nunca fiz nenhuma sacanagem com o clube, não fui para a Justiça. A única coisa é que ficou uma mágoa quando saí de lá para ir para o Luverdense, porque era minha primeira grande chance no futebol profissional. Gostaria que os móvitos deste veto fossem melhor explicados pelo Brasil Central.

Sobre o elenco do Mixto o presidente confirmou que “a base local foi mantida” para a Copa Mato Grosso e que dos ‘jogadores de fora’ o único com permanência confirmada é o atacante Geílson.

O Mixto volta a campo no dia 23 para enfrentar o Luverdense em Lucas do Rio Verde.
Fonte: Craques do Rádio

3 comentários :

Carlos Mixtense disse...

Essa intromissão do Brasil Central nos assuntos internos do Mixto é mais um forte motivo para, definitivamente, o tigre impulsionar o projeto do CT próprio. Viver de favor em casa alheia tem que aguentar isso. Mas isso é cafe pequeno perto dos mais variados problemas do Mixto. É lamentável.

Benedito Pereira disse...


Ex-técnico do Barra assume o Mixto



Zé Roberto, novo treinador mixtense para a Copa Mato Grosso

Zé Roberto, novo treinador mixtense para a Copa Mato Grosso

Não durou 24 horas a ‘nomeação’ do treinador de goleiros Júlio César para dirigir o Mixto na Copa Mato Grosso. Zé Roberto Silva, ex-técnico do Barra do Garças e do Crac de Campo Verde, será oficialmente anunciado nas próximas horas como novo treinador Alvinegro.

Zé Roberto trabalhou também no Vila Nova, Trindade, Crac/Catalão e Itumbiara, todos do interior de Goiás. Sua chegada em Cuiabá está prevista para esta terça-feira. “Ele está vindo de Goiânia e chega ainda nesta terça”, confirmou Elber Rocha, presidente do Conselho Deliberativo do Mixto.

Já ao anunciar Júlio César, na manhã desta segunda, o presidente Eder Moraes havia antecipado que ele estava assumindo “por enquanto”. As negociações com Zé Roberto já estavam em andamento.

Breno on 15 de outubro de 2013 12:42 disse...

Uai, não da para entender oque o Mixto tem a ver com a não aceitação pelo Brasil Central, por acaso o Brasil Central tem participação no Mixto? manda? se eles tem parceria tudo bem, agora contratação do Mixto é do Mixto, ou daqui pra frente o Brasil Central vai escolher quem pode ou não entrar para o Mixto? e o senhor Eder Moraes diz oq? vai acatar?

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!