11.10.13

TIM E HENRIQUE SE DESPEDEM DO MIXTO: "O TRABALHO FOI BOM, FALTOU UM GOLZINHO"


Em sua despedida do Mixto, o gerente de futebol José Vicente Tim valorizou o bom trabalho desempenhado ao longo dos cinco meses em que esteve à frente do clube. Ele deixou o Tigre nesta sexta-feira, junto com o treinador Ito Roque e o preparador físico Mário Henrique.

Entre outras, citou a “arrumação da casa”, já que, quando chegou, o Mixto não tinha nenhum profissional para ser o elo entre atletas e diretoria. Ele agradeceu a confiança do presidente Éder Moraes, pediu mais apoio ao clube, principalmente quanto a possuir um endereço oficial, uma sede. Além disso, descartou virar técnico na Copa Mato Grosso, torneio que o Mixto disputa até o fim do ano. Para ele, o torneio tem um caráter mais econômico aos clubes e, por isso, resolveu sair.

"O trabalho foi bom, faltou um 'golzinho' para que conquistássemos o acesso. Só tenho a agradecer a diretoria, aos jogadores e torcedores. Foi uma passagem positiva. Quando chegamos tinha muita coisa errada e ficamos entre os seis melhores times da Série D, uma competição muito disputada e difícil" disse.

Entre outros, ele citou a nova disciplina do clube, que não existia anteriormente. Até a chegada de Tim, nenhum profissional cuidava da gerência do futebol.

"Organizamos muita coisa, dentro e fora de campo. Os atletas foram mais profissionais com horário e postura extra campo. O Mixto carece de mais pessoas em sua gestão. Um time precisa ter toda a estrutura, com gerente, supervisor, comissão técnica, algo organizado. O Mixto, infelizmente, não tem nem endereço, um telefone e e-mail oficiais, departamentos de marketing e jurídico. Porém, sei que as pessoas envolvidas no projeto estão a par disso tudo e irão fazer o máximo para ajudar."

Apesar de ter experiência como treinador – já comandou o Atlético Sorocaba-SP e o Rondonópolis, José Vicente Tim descartou assumir o Mixto na Copa Mato Grosso.

"Não vim como treinador e isso seria confundir as coisas, além do que a Copa Mato Grosso não traz nenhum lucro aos clubes. Não justifica a nossa permanência. Eu e o Mário Henrique estamos voltando para São Paulo, mas deixamos as portas abertas. Saímos tristes por um lado, mas contentes pelo trabalho desenvolvido."

O presidente do Mixto, Éder Moraes, pretende anunciar ainda neste final de semana quem irá substituir Ito Roque no comando do Mixto.

O elenco se reapresenta nesta terça-feira e volta a campo no dia 23 de outubro, contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde, pela segunda rodada da Copa Mato Grosso. Na estreia, o Tigre empatou em 0 a 0 com o Sorriso.

Fonte: Robson Boamorte/Globo Esporte (texto e foto)
11/10/2013

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!