9.11.13

Geílson e Jamba dizem que acreditam na diretoria e que meta é trabalhar para o título


Com quase dois meses de salários atrasados, os jogadores do Mixto tentam driblar o problema e manter o foco na semifinal da Copa Mato Grosso, quando enfrenta o União. Com discurso alinhado, os atletas dizem confiar na diretoria e garantem que não irão deixar isso atrapalhar o rendimento dentro de campo. A expecativa é que o dinheiro saia na próxima semana.

"A situação é essa, mas eles estão trabalhando para resolver isso. Nosso ambiente é bom, a estrutura de trabalho também e sabemos que logo estaremos com os salários quitados. Enquanto isso temos que continuar treinando forte para conquistar a vaga na final" disse o atacante Geílson.

Para o volante Jamba, o grupo está consciente dos problemas enfrentados pela diretoria.

"Temos que manter a cabeça no lugar. O presidente já falou com o grupo e deu seu parecer. Estamos tranquilos e com a meta de vencer os jogos" relatou o volante Jamba.

Para amenizar o problema, a diretoria deve conceder um vale para os atletas, para que as contas mais urgentes sejam quitadas.

Mixto e União iniciam a disputa pela vaga na final da Copa Mato Grosso, nesta quinta-feira, no Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis.

Fonte: Robson Boamorte/Globo Esporte
09/11/2013

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!