Semifinal da Copa MT: União também com salários atrasados. Diogo desfalca time


Focado na semifinal da Copa Mato Grosso contra o Mixto, o União trabalhou no estádio Luthero Lopes na última sexta-feira (8), local da primeira partida. O clima entre os atletas era para ser de descontração e euforia, já que o time esta em mais uma semifinal e com chance de passagem para a disputa do titulo, mas um fator extra-campo atrapalha o ambiente colorado, o salário atrasado.

O treinador Eduardo Henrique tenta motivar o elenco da forma como pode, com a promessa da diretoria colorada de pagar parte dos salários até o dia da partida diante do Mixto.

"A cobrança dos jogadores é valida, mas nós não podemos  perder o foco, eles sabem se conseguimos o objetivo de chegarmos a uma final e conquistarmos um titulo inédito para o União , o dinheiro vem e assim como o reconhecimento do atleta profissional e o grupo ficar marcado na história do União", comentou Eduardo.

Já dentro de campo, o técnico não conta com o atacante Diogo, lesionado fora dos treinamentos. Com isso a vaga no ataque colorado está em aberto.

"Nós temos algumas boas opções de formação do ataque, na última partida Marclei e Deco foram bem, na vitória diante do Operário, mas temos o Léo Mineiro e o Adnil que estão treinando bem também, além do Everton. Vamos treinar algumas opções, para ver qual melhor encaixa para o confronto diante do Mixto" finalizou o treinador.

O União recebe o Mixto nesta quinta-feira, às 20h10 no Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis. A segunda partida acontece no domingo (17) às 18h00 no Dutrinha, em Cuiabá.

Fonte: Futebol MT - Edição Mixtonet
10/11/2013