Kiko: "conseguimos construir nesses 40 dias de trabalho uma grande família"


O volante Kiko é único atleta remanescente do elenco alvinegro de 2013, quando era capitão da equipe. O jogador teria se recusado a jogar no Operário e negado até uma proposta de R$ 8 mil na mão, quando dirigentes do clube rival tentavam contratar jogadores do Tigre. 

Por meio de seu perfil no facebook, Kiko declarou que o atual elenco do Mixto se construiu como uma verdadeira família nos quarenta dias de treinamento que precedem o jogo deste domingo, às 16h00 contra Operário:

"Quero agradecer a Deus por me colocar nesse grupo de trabalho, onde conseguimos construir nesses 40 dias de trabalho uma grande família de verdade. Companheiros de grande personalidade, companheirismo, e além de tudo grandes profissionais.

Tenho certeza que esse grupo vem para dar grandes alegrias a esse clube maravilhoso, que merece sim todo respeito necessário pelas suas tradições no futebol mato-grossense.

Nesse domingo começa mais um campeonato estadual e na primeira batalha um grande clássico. Que nossa união e nosso companheirismo possa imperar nessa estreia. Tamu junto sempre família Mixto..."

Fábio Ramirez / Mixtonet