20.2.14

MAIS UMA VEZ FICOU NO QUASE: MIXTO VENCE MAS ESTÁ FORA DA COPA VERDE


20/02/2014
João Paulo marcou os dois gols do Tigre (Foto: Gilmar Ramos / OlhonoEsporteMT)
O Mixto venceu o Vilhena por 2 a 1, mas acabou eliminado nas oitavas de final da Copa Verde. O placar de 4 a 1, no jogo de ida, em Rondônia, classificou o Lobo do Cerrado para às quartas de final. O placar agregado ficou em 5 a 3. A partida foi disputada nesta quinta-feira, no Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá. Os gols do Mixto foram marcados por João Paulo (2) enquanto Tayron diminuiu.

O Vilhena terminou a partida com um jogador a menos, mas mesmo assim foi valente e conseguiu a vaga, com um gol já no final. Agora, vai enfrentar o Brasiliense, nas quartas de final. A primeira partida está marcada para a próxima quarta-feira, no Distrito Federal.


Primeiro tempo
Torcida compareceu, apoiou do começo ao fim e levou faixas de 'eu acredito'
(Foto: Gilmar Ramos / OlhonoEsporteMT)
Mal o jogo começou e o Mixto, empurrado pela sua torcida, abriu o placar aos cinco minutos. O estreante Ruy Cabeção cobrou falta na área e na confusão, João Paulo desviou para as redes. O gol empolgou o time da casa, que manteve a blitz inicial para diminuir a vantagem do Lobo do Cerrado. Os visitantes souberam segurar o ímpeto ofensivo do Tigre, que assustou aos 21 minutos com João Paulo novamente. Ele parou na defesa de Wagner.

O Mixto insistiu nas bolas levantadas na área. A primeira boa chance do Vilhena veio aos 35 minutos, em cobrança de falta de Edilsinho, que assustou a meta de Igor.


Segundo tempo
Ruy Cabeção é marcado de perto pelo adversário (Foto: Gilmar Ramos / OlhonoEsporteMT)
O início da segunda etapa foi igual a primeira. Com gol do Mixto. Com gol de João Paulo. Desta vez ele recebeu cruzamento de Leandrinho e colocou para o fundo das redes. O Vilhena esboçou uma reação, mas ficou com um jogador a menos, após a expulsão do lateral-direito Tiago Silva.

O tempo foi passando e o Lobo do Cerrado se fechou para não levar o terceiro. João Paulo chegou a marcar novamente, mas o árbitro assinalou impedimento.

Melhor em campo, o Mixto acabou levando um gol aos 33 minutos, após bate e rebate na área, até Tayron marcar. Depois do gol, o Tigre não se abateu e aos 37, quase empatou o placar. A pressão continuou, mas sem mudanças no placar.


Escalações

Mixto: Igor, Denilson, Zé Adriano, Robinho e Rogério; César Romero, Paulo Almeida, Ruy Cabeção e Ítalo (Tito); João Paulo e Leandrinho. Técnico - Éder Taques

Vilhena: Wagner; Tiago Silva; Junior, Alex Barcellos e Marinho; Maycon; Carlinhos (Willian Santos), Buda (Tayron) e Edilsinho (Roalasse); Alex Sorocaba. Técnico - Marcos Birigui

Globo Esporte MT

 

1 comentários :

Mixtonet on 21 de fevereiro de 2014 01:05 disse...

PARA ORLANDO ANTUNES, RUY ESTREOU MAL E APENAS IGOR, ROGÉRIO E JOÃO PAULO FORAM BEM

O Mixto precisava ganhar do Vilhena por 3 a 0 para reverter a vantagem do time de Birigui (4 x 1 em Vilhena), mas não conseguiu. Chegou a estar vencendo por 2 a 0 e ainda teve um gol anulado por impedimento.

O Vilhena usou de todos os artifícios, prendendo a bola e valorizando a posse e ainda fazendo muita cera para não ser goleado e explorando sempre os contra-ataques.

João Paulo fez 1 a 0 aos 5 minutos do primeiro tempo e ampliou para 2 a 0 aos 8 minutos do segundo tempo. Porém, o zagueiro Tyron que entrara no lugar de Budá, descontou aos 35 minutos do segundo tempo. Este gol deu a classificação para o Vilhena, que ainda teve o ala Thiago expulso por reincidência nas faltas.

Agora só resta ao Mixto focar no campeonato estadual e na Copa do Brasil onde pega o Santos na Arena Pantanal. No domingo, cumpre tabela, enfrentando o Luverdense em Lucas do Rio Verde.

O volante Ruy Cabeção, que foi contratado para ser a salvação do time, foi uma verdadeira decepção. Aliás, neste time se salva o goleiro Igor, o ala Rogério e o atacante João Paulo.

Orlando Antunes / Soccer MT

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!