24.2.14

Moraes defende Taques e culpa jogadores: "muitos acabam não cumprindo o que é pedido"


24/02/2014

Presidente mantém Taques como técnico mas afirma que o momento é preocupante 
Éder Taques: Pressionado pela torcida mas prestigiado pelo presidente (Foto: Paulo Fanaia)
Para o presidente do Mixto, Eder Moraes, o seu xará Eder Taques não deve ser apontado como principal culpado pelas más atuações do time. Mas, o dirigente alerta que o primeiro confronto contra o Cuiabá, pelas quartas-de-final do Campeonato Mato-grossense será “decisivo para muitas coisas”. Antes, no entanto, mudanças podem ocorrer.

Admitindo que o atual momento é preocupante, o dirigente antecipou que terá uma “conversa geral”, com jogadores e comissão técnica:

- O momento não é para desespero, mas é claro que preocupa um pouco. Não estou tranquilo com a situação, mas tem alguns pontos que devemos levar em consideração, como por exemplo o fato de a equipe já estar classificada e com alguns desfalques – disse, especificamente a atuação contra o Luverdense neste domingo, muito criticada pelos torcedores.

Sobre providências para o início da fase de mata-mata no Estadual, Moraes disse que o Alvinegro está precisando de uma “arrochada”, mas não vê o treinador como maior culpado pelo momento:

- O Eder (Taques) não é o maior culpado pela falta de um melhor futebol, ele tem armado o time bem taticamente, orientado bem, mas muitos jogadores acabam não cumprindo exatamente o que é pedido. Na minha visão o que falta mesmo é finalizar mais, o time não tem finalizado muito.

Afirmando que o técnico Eder Taques está mantido, o presidente afirmou que “agora não é hora de mudar, mas o time está precisando de uma arrochada e vamos reunir para as devidas cobranças e alertas sobre a necessidade de nos superarmos neste momento”.

Ele já reuniu com o gerente de Futebol, Vicente Tim, que está incumbido de uma primeira conversa com o elenco para “as devidas cobranças”.

- Queremos uma postura diferente contra o Cuiabá, já a partir dos treinos desta semana. Posso até dizer que a luz vermelha está acessa. Temos até sexta para contratar. Se tivermos que enxugar o elenco para manter só quem realmente estiver comprometido, vamos enxugar.

Sem entrar em detalhes, acrescentou que “este primeiro jogo contra o Cuiabá será decisivo para muitas coisas”.

O prazo para inscrição de novos jogadores termina sexta-feira, dia 28, e Moraes admitiu que devem vir “mais um ou dois reforços”. Ele deixou este assunto na incumbência do técnico Eder Taques e do diretor Tim. “Eles ficaram de decidir estas contratações”, finalizou.

Craques do Rádio

 

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!