14.4.14

TORCIDA LANÇA CAMPANHA CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DA ARENA PANTANAL



A torcida do Mixto lançou uma campanha contra a privatização da Arena Pantanal. Por meio de seu site (www.torcidabocasuja.org) a torcida lançou um manifesto "convocando" a sociedade para lutar em defesa do "patrimônio público". 

Durante a inauguração da Arena Pantanal, estádio que receberá 4 jogos da Copa do Mundo, o governador Silva Barbosa anunciou que pretende fazer uma concessão do estádio multiuso à iniciativa privada.

Para o presidente da Boca Suja, Prudente Alencar Neto (Dezinho), a privatização do estádio vai prejudicar os clubes de futebol da capital, pois a utilização do estádio seria restrita devido à administração particular. 

- A maioria dos torcedores do Mixto são da classe C, como pagarão ingressos de 50, 60 reais? Vai ser um estádio pra show da Ivete Sangalo mas que nunca o Mixto poderá jogar lá, só em final - reclamou Dezinho.

Confira a íntegra do 'manifesto' publicado pela Boca Suja:

O governador Silva Barbosa e o secretário da Secopa Maurício Guimarães anunciaram a privatização da Arena Pantanal logo após a realização da Copa do Mundo. O estádio custou mais de R$ 570 milhões, dinheiro 100% público, nosso!

Premiado como um dos mais belos do mundo com preocupação na sustentabilidade socioambiental, a Arena Pantanal já se tornou um patrimônio do povo mato-grossense. Nós amantes do futebol regional e da nossa querida cidade Cuiabá não aceitaremos esse golpe no coração do mato-grossense. Vender patrimônio público é corrupção.

Destruíram o nosso querido estádio Verdão, que era público! E em seu lugar não deixarão nada para o futebol mato-grossense? Esse é o legado da Copa do Mundo em Cuiabá?

Empresa privada sempre busca o lucro! É evidente que a Arena Pantanal privatizada se tornará palco de rodeios, de shows, igrejas... tudo menos futebol e esporte regional.

São R$ 570 milhões do nosso dinheiro que será despejado no bolso de um grupo empresarial, possivelmente amigos de grupos políticos, para lucrar ainda mais com a exploração da Arena. E o Mixto, o Operário, o Cuiabá e demais times? Continuarão jogando no velho Presidente Dutra ou terão que se contentar com os chamados COT's (Centro Oficial de Treinamento).

Quando em grandes jogos conseguirmos jogar na Arena, os ingressos custarão uma fortuna. Basta olhar o exemplo das demais Arenas privatizadas pelo Brasil: os bilhetes mais baratos giram em torno de R$ 50,00. Fora da realidade de nosso futebol, que precisa de auxílio e não de obstáculos.

Queremos a Arena Pantanal 100% público! Que seja um estádio ou uma arena multiuso a serviço do povo, e não do lucro de empresários como propõe Silval e Maurício.

Por que não transformar as dezenas de salas internas e auditórios em oficinas de teatro, arte, em cursos profissionalizantes, etc. E disponibilizar o campo a serviço do futebol e do esporte mato-grossense? Ou os gestores do governo do estado são tão incompetentes que não conseguem administrar um estádio de futebol?

Convocamos todas as torcidas organizadas de Mato Grosso, os times amadores, os sindicatos, associações de bairros, movimentos sociais e toda a sociedade para uma grande reunião a fim de organizar a luta para defender o que é nosso e barrar a privatização.

contato@torcidabocasuja.org

#aArenaenossa

Mixtonet


 

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!