29.5.14

Elber Rocha: "Não podemos fazer nada por enquanto. Não estamos parados mas temos que aguardar"


29/05/2014

 
O Mixto vive momentos de incertezas após ser eliminado das quartas de final do Mato-grossense, da primeira fase da Copa do Brasil e ter seu presidente, Éder Moraes, preso pela policia federal acusado de lavagem de dinheiro.

Atualmente, o Tigre aguarda a liberação de Moraes e o anúncio oficial sobre a realização da Copa Mato Grosso no segundo semestre. Caso o torneio não seja realizado, o alvinegro cuiabano não terá mais jogos oficiais para disputar em 2014. Thiago Oliveira, técnico recém contratado, está trabalhando com jogadores da base e cinco remanescentes da equipe principal.

O presidente do conselho deliberativo do clube, Élber Rocha, explica que, segundo o estatuto, o conselho deve esperar 30 dias para que alguma ação seja feita em relação a presidência do Mixto.

- Não podemos fazer nada concreto por enquanto. Não estamos parados, mas pelo nosso estatuto existe um período para alguém assumir. O Éder é quem estava à frente dos negócios. Ainda temos que aguardar informações mais concretas - relatou.

Outra questão tratada por Élber é a dívida de pouco mais de R$ 1 milhão que o clube possui.

- Esta dívida que todo mundo faz questão de falar, não é nada tão grande assim. É um valor totalmente pagável, que não nos prejudica, mas devemos logo nos organizar para resolver essa questão.

Com a prisão de Éder Moraes, o projeto da nova sede e da loja oficial do clube ficam estagnados aguardando o desfecho da crise para saber o futuro do Mixto.
Elber Rocha, presidente do Conselho Deliberativo do Mixto
Christian Guimarães / Globo Esporte MT - Foto: Fábio Ramirez / Mixtonet

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!