17.7.14

Assim como torcida do Mixto, Federação se diz contra a privatização da Arena Pantanal


17/07/2014

O presidente interino da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Helmute Lawisch, rejeita a ideia de que a Arena Pantanal seja privatizada. Segundo ele, isso é ir contra os clubes do estado que deverão sofrer caso a concessão seja feita. 

“A federação é totalmente contra a privatização da Arena Pantanal. Nós precisamos sentar para discutir isto. Audiências precisam ser feitas, caso posteriormente sejamos voto vencido, tudo bem. Mas não podem fazer isso com um empreendimento construído totalmente com dinheiro público”, afirmou Helmute.

Segundo o presidente interino, o futebol do Estado ingressou uma nova fase: “A estrutura evoluiu, mas nós da federação precisamos seguir o mesmo caminho”. Helmute ainda ressaltou a importância de colocar os clubes de Mato Grosso nos principais campeonatos: “Não queremos trazer outros clubes para jogar aqui, pagar para eles e sim mandar os nossos confrontos. Podemos colocar clubes na primeira divisão. Este ano poderemos ter três acessos nas principais divisões”.

Por fim, o mandatário da federação almeja que o futebol mato-grossense alcance um alto nível nos próximos anos: “A FMF juntamente com a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) irá trabalhar para fazer da Arena Pantanal a glória do estado de Mato Grosso”.


Torcida alvinegra contra a privatização

Assim que a privatização da Arena Pantanal foi anunciada pelo governador Silval Barbosa, a torcida organizada Boca Suja lançou em site um manifesto contra a privatização (clique aqui para ler).

Wesley Santiago / Olhar Direto - Mixtonet

1 comentários :

Anônimo disse...

NO ANO QUE LIBERA A ARENA, O NOSSO MIXTO ESTA FORA DO BRASILEIRO...O CUIABÁ LEVOU 15MIL PESSOAS SE FOSSE O MIXTO NO BRASILEIRO LEVARIA QUANTO????????LEO

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!