15.11.14

Ex-jogador do Mixto nas décadas de 60 e 70 luta contra doença e precisa de ajuda


Rômulo, volante do Mixto nas décadas de 60 e 70, luta contra doença no fígado. Ex-jogador precisa de tratamento com medicamentos que custam mais de R$800 mil

Rômulo atuou por 16 anos no Mixto
(Foto: Globo Esporte)
Um ex-craque do Mixto Esporte Clube nas décadas de 60 e 70 luta pela vida e pede ajuda ao torcedor mato-grossense. Trata-se de Rômulo Augusto Corrêa da Costa (67), ex-volante que vestiu a camisa do Tigre da Vargas por 16 anos, conquistando nove títulos mato-grossenses e uma Copa Centro-Oeste. Rômulo está com cirrose hepática crônica e hepatite C, doenças que já comprometeram boa parte de seu fígado. 

Para o tratamento da doença, o ex-mixtense precisa passar por um tratamento a base de medicamentos importados que são o Sofosbuvir 400mg e Simeprevir 150mg, ao custo de R$840 mil. Para arrecadar a quantia necessária para o tratamento, Rômulo conta com o apoio de amigos e familiares que organizaram uma campanha em prol do ex-mixtense. 

O ex-volante relembra com nostalgia dos tempos de jogador.

- Foram 16 anos vitoriosos no Mixto. Conquistei muitos títulos e fiz muitos amigos que estão comigo até os dias de hoje. Corri muito atrás da bola no passado e hoje corro contra o tempo para conseguir estes medicamentos – finaliza Rômulo.
Rômulo atuou por 16 anos no Mixto (Foto: Arquivo pessoal - Globo Esporte)
Para contribuir com o tratamento de Rômulo basta depositar qualquer quantia em uma das duas contas bancárias criadas para a campanha.

Caixa Econômica Federal
- Agência: 0686
- Conta Poupança: 0130013444-1

Banco do Brasil
- Agência: 2363-9
- Conta Poupança: 50.974-4 – Variação 51

Christian Guimarães / Globo Esporte
15/11/2014

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!