10.2.15

Torcedores da Boca Suja e Comando Alvi-negro foram no CT cobrar atitude dos jogadores


Um grupo de 10 torcedores representando as torcidas organizadas Boca Suja e Comando Alvi-negro estiveram hoje no CT do Gaúcho, local de treinamento do Mixto, para cobrar atitude dos jogadores, comissão técnica e diretoria do Alvinegro.

Os torcedores chegaram cedo, antes do início dos trabalhos e soltaram fogos, mas o protesto seguiu pacificamente.

Os representantes das organizadas conversaram com o técnico Márcio Marolla e com o elenco de jogadores em círculo dentro do campo e pediram raça e reação nos próximos jogos. Também se reuniram com o diretor de futebol Luis Matos - que chegou anunciar sua saída da diretoria mas voltou atrás - e com o presidente em exercício Niltinho Assunção - o presidente Paulo Cesar Gatão se afastou temporariamente da direção do clube e viajou alegando problemas de saúde de sua mãe.

Marolla fez alegações extra-campo que segundo ele afetaram os resultados, mas afirmou que a equipe vai entrar para ganhar os próximos jogos e se reabilitar. Para ele, os torcedores estão certos de cobrar. Os atletas garantiram que força de vontade e atitude não vai faltar.

- Cobramos da diretoria e dos jogadores mais raça. Que se perder pelo menos perde lutando com raça e não fazendo corpo mole - disse Mauricinho, da Boca Suja.

O capitão e cuiabano Kaoê - autor do gol contra o Sinop - pegou a palavra no vestiário antes do treino iniciar e disse emocionado "quem não está feliz pede para sair. Só vai viajar [para Lucas do Rio Verde] quem estiver a fim de vencer. Vamos honrar a camisa".

Bastante cobrado por parte da torcida pelas atuações nas últimas partidas, o goleiro Yuri foi dispensado pela diretoria. A preocupação agora é garantir o pagamento da folha salarial que vence nos próximos dias. Segundo o presidente Niltinho, "as coisas estão difíceis mas os compromissos assumidos com os jogadores serão honrados".

O Tigre folga durante essa semana e só volta a campo no próximo sábado de carnaval, para enfrentar o Luverdense em Lucas do Rio Verde. 

Fábio Ramirez/Mixtonet
10/02/2015

8 comentários :

Jonatan disse...

Uma cobrança que é também um apoio. Força a esta equipe e raça em campo.

Doni on 11 de fevereiro de 2015 08:00 disse...

ESSAS CONVERSAS SÃO VÁLIDAS, MAS INFELIZMENTE NÃO RESOLVE, TEMOS EXEMPLOS DISSO, OS JOGADORES ATÉ QUE TENTAM, MAS SÃO RUINS, NÃO TEM JEITO, SÃO LIMITADOS, AS CONTRATAÇÕES FORAM EQUIVOCADAS, DESNECESSÁRIAS, PRINCIPALMENTE OS DE FORA DO PAIS, POIS SÃO FRACOS, NÃO PRECISAVA IR TÃO LONGE BUSCAR, AGORA SÓ DEUS SALVA, E OLHA LÁ QUE ELE JA ESTA BEM ESTRESSADO COM ESSA EQUIPE

Anônimo disse...

Quem também deveria cobrar atitude da diretoria seria o CONSELHO, porém o Presidente Cristino está pouco interessado na situação, até parece que está torcendo contra, isso é uma vergonha. A visita das organizadas foi boa para mostrar que o MIXTO não pode ficar jogado às traças, porém não foi tão pacífica assim como o texto descreve, pois houve estouro de uma BOMBA, sob a alegação de que seria para o elenco acordar. MIXTENSE CUIABANO.

Hugo on 11 de fevereiro de 2015 10:18 disse...

Na verdade o conselho, ou pelo menos boa parte dele é contra a Gestão do Gatão, só tirar pelo numero de rejeição, ou seja, todos sabem que Gatão não teria condições de assumir, ainda mais sem proposta alguma, até mesmo aqueles que o apoiaram pularam fora, ninguém concorda como ele foi eleito e como se constituiu a sua diretoria, nem os empresários, esta aí o resultado, pior time de todos os tempos, e que eu sei o conselho não pode interferir nessas coisas, não é papel deles, pelo menos foi que li em algum lugar. Penso se Gatão não da conta do recado renuncia então uai e começa a dispensar jogadores que a maioria fica espertos, aliás, muitos ali nem deveria estar mais no clube, principalmente filho de alguns que não jogam porra nenhum, essa bomba deveria explodir na orelha do Marolla

Anônimo disse...

Vou dizer uma coisa, se esses jogadores são péssimos a culpa é de quem os contratou, então nada mais justo de cobrar esse tal de Luiz Matos, disse em reunião que não queria nenhum jogador daqui, que iria trazer um time muito mais competitivo do que dos últimos anos, Luiz só vou te dizer uma coisa, vc é o pior dos últimos tempos que passou pelo meu Mixto, o boiadeiro do ano passado era melhor que vc seu imbecil, agora é planejar pro ano que vem Pq pelo que eu estou vendo ninguém tira do mixto a segunda divisão. Francis

Daniel on 11 de fevereiro de 2015 13:46 disse...

Mas quem escolheu esse tal Luiz Matos? o problema começa desde a escolha da presidência do Mixto, já começou errado vai até o fim errado, também acho que agora Mixto só em 2016, SE PLANEJAR, coisa que até doí ao ouvido de muitos, incrível como gosta das coisas enrroladas

Anônimo disse...

O problema de ficar fora das competições é que o clube vai perdendo espaço, fica desacreditado e a própria torcida vai desestimulando. Muitas pessoas já deixaram de frequentar os estádios nos últimos anos. A dívida, com certeza vai saltar para a casa dos 4 milhões. Ai, é que são elas. Uma situação de falência, porque dinheiro não vai cair do céu..

Marlon on 12 de fevereiro de 2015 10:06 disse...

Cada campeonato é mais dívidas, incrível, então por isso é melhor se afastar. Aí vejamos, foi criado o tal socio torcedor, mas e aí? esta parado, por falta de incompetência, alilás, tudo no Mixto é incompetência, pessoal só pensam em receber dinheiro de patrocínio, não trabalham com parcerias, se não achar uma outra solução e ficar só dependendo da mendigação ta ferrado, ja não tem credibilidade o Mixto, aí vem um presidente que não tem projeto, metas nem nada, tem uma diretoria fraca,aí é fogo, unica coisa que mantem acessa a chama do tigre é a sua torcida, se fosse outro time ja teria fechado as portas o clube, pois só Mixto tem uma torcida incrível, que mesmo nos piores momento ainda tem um publico considerável, ou seja, tem gente ainda que acredita

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!