20.3.15

Diretoria ainda deve salários de fevereiro e março mas já planeja o Sub-19 e Copa MT


Com o término do Campeonato Mato-grossense o Mixto segue em atividade, porém, fora de campo. A diretoria do clube corre para tentar quitar o salário de fevereiro e parte de março ao elenco, que se salvou do rebaixamento na última rodada. Enquanto os diretores tentam arrumar dinheiro, os jogadores tem sofrido com o problema. Sete quitinetes que hospedam os atletas estão sem energia elétrica desde quinta-feira, por falta de pagamento. 

Muitos tem ido dormir na casa que o Mixto também alugou para os jogadores, em que também funciona a cozinha do clube para os atletas se alimentarem. 

- Estamos tentando resolver o quanto antes essa situação, já que os atletas fizeram sua parte dentro de campo. Sabemos que estamos devendo, mas se tudo der certo vamos conseguir pagar neste final de semana. Não queremos deixar ninguém sem receber. Estamos remanejando o grupo para a casa, onde está funcionando tudo normal - disse o vice-presidente Niltinho Assunção. 

Depois de quitar os débitos, o clube volta as atenções para os fatores dentro de campo. A ideia é manter em atividade o time sub-19, que servirá como base para a disputa da Copa Mato Grosso, torneio sub-23 com início previsto para agosto ou setembro. O campeão do torneio garante vaga na Copa do Brasil 2016. 

- Queremos que dessa equipe saia a base para o Campeonato Mato-grossense de 2016. Mas só vamos focar nisso após resolver as pendências. 

Apesar de estar garantido na elite estadual, o Mixto ainda pode ser rebaixado, caso o Sinop consiga reaver os pontos perdidos no Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT). 

Robson Boamorte / Globo Esporte
20/03/2015

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!