Mixto treina até sábado no CT do Gaúcho e técnico marca jogo treino. Elias vai a Poconé observa o adversário de quarta.



treino mixto 2015 (Foto: Olímpio Vasconcelos)próxima quarta-feira é uma data importante para o Mixto. O time enfrenta o Poconé pela nona rodada do Campeonato Mato-grossense com apenas um objetivo: vencer para continuar na luta contra o rebaixamento. Elias, treinador que assumiu o Tigre nesta semana, marcou jogo treino para esta sexta-feira. Os atletas continuam sem receber todo o pagamento de janeiro, porém ninguém foi dispensado.

Mesmo com o contrato no CT do Gaúcho terminando nesta quinta-feira, o técnico Elias afirmou que a equipe treina até sábado no local. Paulo César “Gatão”, presidente do Alvinegro não se conforma com a situação, mas a principal preocupação agora é outra.

 - Nós passamos a história do centro de treinamento para o nosso jurídico. O que fizeram conosco foi palhaçada. Neste momento, a nossa correria é em buscar recursos para quitar as dívidas com nossos atletas - desabafou o presidente. 

Elias deve promover alterações no time que vinha jogando com os outros técnicos. Os zagueiros Adriano Sabiá, com dores nas costas e Jonathan, com uma contusão no tornozelo, não treinaram com o restante do elenco e são as únicas baixas, por ora. 

- Desde que chegamos temos treinado nos dois períodos. Fiz o primeiro coletivo na quarta-feira e outro na manhã de quinta. E também já marquei um jogo treino para esta sexta-feira contra o Sub-17 do próprio Mixto. Pretendo mudar bastante o time, mas ainda não está nada definido. Vou dar oportunidade para todos os jogadores, porque se eu descartar alguém nesse momento pode atrapalhar. Quero deixar todos motivados - enfatizou.

Uma derrota para o Poconé pode decretar o rebaixamento do time 24 vezes campeão do Mato-grossense. Ainda há uma expectativa do julgamento, marcado para próxima terça-feira, que pode fazer o Sinop perder até quatro pontos.

- Neste domingo vou até Poconé observar o adversário. Já conheço algumas peças do time, e vou analisar para trabalhar em cima. Pior que está não pode ficar, então estamos trabalhando forte para tirar o time da situação incômoda. Estamos esperando o julgamento, mas não podemos contar com isso, temos que fazer o nosso papel, que é vencer os dois jogos que restam. 

Com três pontos na tabela do grupo A, o Tigre precisa da vitória para não ser rebaixado. Restam duas rodadas para o término da primeira fase. 

Fonte: Globoesporte.com