15.7.15

Erros na petição e apresentação de súmula errada seria causa de derrota no TJD


Com “erros na petição” o Mixto foi goleado no julgamento desta terça-feira no Tribunal de Justiça Desportiva: por quatro votos a zero o seu recurso contra o União foi rejeitado. Agora, o Alvinegro fala em um mandado de segurança para “paralisar o Estadual Sub-19″ e entrar com um novo recurso, desta vez na 2ª instância do TJD.

O Mixto acusa o União de ter utilizado dois atletas de forma irregular no primeiro confronto da segunda fase (0x0, em Rondonópolis) – LEIA AQUI.

Conforme o secretário-geral do Tribunal, José de Almeida, o Zezinho, “o Mixto perdeu o recurso apresentado contra o União porque a prova documental estava diferente do pedido do advogado, ou seja, houve equívocos nos jogos e nas datas das súmulas apresentadas para o Tribunal”. Ainda segundo ele, “agora o Mixto tem quarenta e oito horas para interpor recursos”. Caso seja novamente derrotado, alertou, só restará ao time cuiabano levar o caso ao Supremo, no Rio de Janeiro”.

Entre os erros do Mixto estava a apresentação de uma súmula de um jogo entre Mixto x REC, e não Mixto x União, o verdadeiro objeto do protesto.

“Foi um absurdo o que aconteceu. O relator reconheceu a ilegalidade do União mas votou contra o recurso do Mixto”, protestou o presidente do Mixto, Paulo César Gatão na manhã desta quarta. O dirigente, no entanto, reconheceu a necessidade de “apresentar duas outras súmulas, exigidas pelo TJD”. Não falou claramente que o seu setor jurídico errou, mas admitiu a necessidade da apresentação destas “outras duas súmulas”.

Ainda conforme Gatão, ainda nesta quarta será apresentado um mandado de segurança para “paralisar o campeonato”, evitando que seja marcado o jogo entre o Luverdense e o União. O próprio presidente em exercício da FMF, João Carlos de Oliveira, considera que nesta iniciativa o Mixto terá êxito e já adiantou que não vai marcar nenhum outro jogo “enquanto o novo recurso deles (Mixto) não for definitivamente votado”.

Desta forma, apenas o jogo de volta entre Cacerense e REC está mantido. Será sábado, dia 18, às 18h no Estádio Geraldão, em Cáceres (no primeiro confronto o REC venceu por 2×0).

Craques do Rádio - Júlia Graminho/TV Record Cuiabá
15/07/2015