14.1.16

De volta, atacante Buiú quer repetir 2008: "não davam nada para nós e fomos campeões"


Há aproximadamente oito anos, o zagueiro Evandro usava a perna esquerda para dar o 24º e último título Mato-grossense ao Mixto Esporte Clube. O jogador aproveitou o lance pela esquerda e finalizou para o fundo das redes e marcou o único gol da partida.  A vitória sobre o União em pleno estádio Luthero Lopes, na decisão do estadual de 2008, fez aquele time "desconhecido", entrar para a história do Alvinegro. O atacante Buiú, que fazia parte do time, compara os elencos e crê em uma nova surpresa.

"Em 2008 não davam nada para nós e fomos campeões. Tinham jogadores desconhecidos, porque ninguém conhecia o Fernando, Bogé, Márcio Júnior, Evandro, e o treinador Arildo, que até então era preparador físico. Nós fomos batalhando contra os adversários e vencemos o União na final, que é um time de tradição, e ainda fomos campeões na casa deles".

Experiente e rodado pelo futebol mato-grossense, Buiú já atuou no Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Mato Grosso, entre outros. Seu último time foi o Costa Rica-MS. Com o conhecimento do futebol local, o atacante aproveita para facilitar os caminhos para o restante do elenco, que é essencialmente do Rio de Janeiro e de São Paulo.

"Todos pensam que é um campeonato fácil, mas tem os times de tradição, e ainda o Cuiabá e Luverdense, que despontaram no cenário nacional. Falo para eles que já tive a oportunidade de jogar uns cinco Clássicos dos Milhões, e o Operário de VG também tem tradição, e ano passado estava na Série D. Nesse primeiro desafio quem errar menos sairá com a vitória".

Estreia

O Alvinegro começa a caminhada rumo ao 25º título do Campeonato Mato-grossense, no dia 31 de janeiro, contra o Operário Várzea-grandense, na Arena Pantanal.

Fonte: Olímpio Vasconcelos / Assessoria Mixto Esporte Clube. Foto: Site Oficial do Mixto
14/01/2016

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!