11.2.16

Em rota de colisão: Presidente do Conselho ameaça judicializar contas da diretoria


Se dentro de campo o Campeonato Mato-grossense começou bem melhor do que a encomenda, com o time empatando um clássico e vencendo outro jogo, fora dele as coisas seguem tumultuadas. Márcio Pardal, ex-presidente, mantém o firme propósito de não seguir na diretoria de Futebol, alegando falta de autonomia, e o presidente do Conselho Deliberativo, Benedito Rubens, continua disparando contra os dirigentes (do clube e da Associação Tigre da Vargas).

No começo da manhã desta quinta-feira, usando o Facebook, Rubens convocou uma nova reunião dos conselheiros, pedindo também a presença dos torcedores, agora para o dia 16 – próxima terça-feira. Afirmando que estão querendo “afrontar e desrespeitar a função dos conselheiros’, o advogado ameaça ir à Justiça caso neste encontro a diretoria Executiva não apresente uma prestação de contas do que foi feito durante este ano administrativa e financeiramente. “Caso não prestem contas no dia 16 estaremos, a partir do dia 17, judicializando estas providências, pois respeito é bom, nós queremos e gostamos”, escreveu.

Finalizou afirmando, sem citar nomes, que “o Conselho não deixará que desequilibrados e abestados, puxa-sacos de plantão, afrontem ao seu presidente e muito menos ao Conselho como um todo, e, caso não tenham mais condições de trabalho e ação, que renunciem pelo bem do Mixto”.

Craques do Rádio tentou ouvir o presidente Paulo César Gatão, mas as ligações não foram atendidas e nem retornadas.

Clique aqui e veja a postagem do presidente Dito Rubens.

Fonte: Craques do Rádio
11/02/2016

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!