17.5.16

Técnico da base explica que objetivo é sete garotos aptos a subir para o profissional


Parceria possibilitará base treinar no Campo do Areão, no Santa Izabel


O Campeonato Mato-grossense sub-19 está previsto para começar neste fim de semana. A competição conta com 16 equipes, divididas em quatro grupos, e dá ao campeão e vice vagas para a Copa SP de Futebol Júnior de 2017.

Alessandro Santos, ex-comandante do Operário FC e atual treinador do sub-19 do Mixto, falou sobre a preparação da equipe para a competição e quais os motivos o levaram a aceitar o convite do Tigre da Vargas.

“O projeto para o futuro e a oportunidade de implantar minhas ideias foram as maiores motivações. Falei que meu objetivo não é apenas disputar o campeonato, mas sim deixar frutos para o clube. Minha intenção é que pelo menos sete jogadores estejam aptos a integrar o elenco profissional ao fim da competição”, projetou.

Atualmente, os atletas da categoria estão treinando em um campo no Dom Aquino, mas o treinador afirmou que uma parceria foi fechada com o campo do Areão, próximo ao Santa Izabel. O local, com dimensões semi-profissionais, está sendo reformado, além da construção de vestiários. Já estão prontos alojamento, com cerca de dez quartos, sala de projeção e refeitório. “Estamos buscando nos estruturar, de maneira profissional”, afirmou Santos.

O Mixto está no grupo D do Mato-grossense sub-19, com Cuiabá, CEOV e Dom Bosco, e o treinador mixtense sabe das dificuldades. “A diretoria não cobra tantos resultados, estamos no início deste projeto. Se o título vier, será ótimo, mas sabemos que equipes como Cuiabá, Dom Bosco e Luverdense têm mais investimento. Lógico que o Mixto é um time grande e jogaremos como time grande”.

Fonte: Olhar Esportivo
17/05/2016

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!