7.11.17

Mixto o 1º campeão pós-divisão de Mato Grosso. Bife marcou gol do título diante o Operário


Por Sérgio Santos*
Em pé: Ernani, Jorge Aguiar, Luiz Carlos Beleza, Arildo, Miro e Jorge Macedo
Agachados: Gonçalves, Fabinho, Bife, Zé Luiz e Toninho Campos
Massagista: Bochecha
O Campeonato Mato-grossense de 1979 foi o primeiro realizado pós-divisão de Mato Grosso em dois estados e teve o Alvinegro como primeiro campeão. Contou com a participação de sete clubes: Barra do Garças, Cáceres, Dom Bosco, Mixto, Operário, Palmeiras-MT e União. 

O Mixto estreou dia 13 de maio contra a equipe do União, em Rondonópolis, e perdeu por 1 a 0. O primeiro gol alvinegro pós-divisão do Estado só veio acontecer na terceira partida, quando a equipe venceu o Cáceres por 3 x 0 (dia 06 de junho), gol convertido por Gonçalves. 

A competição que teve início em maio terminou somente em dezembro, devido a interrupções para a disputa do Campeonato Brasileiro. As finais foram numa melhor de quatro partidas entre Mixto e Operário. Depois de um empate e uma vitória para cada lado, ambas as equipes chegaram no dia 16 de dezembro precisando da vitória para se tornar o primeiro campeão da história do novo Estado. E o Mixto venceu por 1 x 0, com gol do lendário Bife.

Eis a campanha alvinegra:

Resumo

22 jogos, 11 vitórias, 7 empates, 4 derrotas, 35 gols pró e 16 gols contra

Jogos

13/05 União 1 x 0 Mixto
27/05 Mixto 0 x 0 Palmeiras
06/06 Mixto 3 x 0 Cáceres
10/06 Barra do Garças 2 x 1 Mixto
14/06 Mixto 0 x 0 Operário
17/06 Dom Bosco 2 x 2 Mixto
24/06 Mixto 5 x 0 Palmeiras
08/07 Mixto 1 x 0 Dom Bosco
11/07 Mixto 4 x 1 Barra do Garças
15/07 Cáceres 1 x 1 Mixto
22/07 Mixto 1 x 0 Operário
25/07 Mixto 4 x 0 União
01/08 Mixto 1 x 0 União
05/08 Dom Bosco 2 x 2 Mixto
12/08 Mixto 1 x 2 Operário
19/08 União 0 x 0 Mixto
26/08 Mixto 3 x 1 Dom Bosco
02/09 Mixto 2 x 1 Operário
05/12 Mixto 1 x 1 Operário
09/12 Operário 2 x 0 Mixto
12/12 Mixto 2 x 0 Operário
16/12 Mixto 1 x 0 Operário

Ficha da Final

- Mixto 1 x 0 Operário
- Data: 16/12/1979
- Local: Estádio Governador José Fragelli
- Renda: Cr$ 629.415,00
- Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilla
- Gol: Bife
- Mixto: Saldanha, J. Aguiar, Jorge Macedo, Miro, Remo, Fabinho, Marcinho, Arildo,
Gonçalves (Toninho Campos), Bife e Pelezinho.
- Operário: Veludo, Gilmar, Edval, Gaguinho, Joilson, Tim, Ruiter (Luizinho), Cacá,
Joel Diamantino (Mosca), Marco Aurélio e Odenir.

* Especialista e pesquisador do futebol regional, Sérgio da Silva Santos é autor do livro "Histórico Estatístico do Tigre de Cuiabá" e escreve a Coluna Sérgio Santos no site Mixtonet.com - sergiofutebolmt@yahoo.com.br

0 comentários :

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!