15.11.17

MIXTO SOFRE GOLEADA, DÁ ADEUS À COPA FMF E PERDE VAGA NA COPA DO BRASIL


O Mixto foi goleado pelo Dom Bosco no tradicional clássico vovô e está eliminado da Copa FMF além de ter desperdiçado mais uma vez a chance de conquistar uma vaga para a Copa do Brasil. A partida aconteceu na manhã desta quarta-feira, feriado, na Arena Pantanal. 

No primeiro jogo da semifinal da Copa FMF o placar ficou em zero a zero. Bastava uma vitória simples para o Tigre voltar a disputar uma taça e garantir presença na Copa do Brasil, embolsando mais de R$ 300 mil em bônus da CBF. As chances até apareceram em duas oportunidades, mas os mixtenses não souberam aproveitar, a exemplo do primeiro duelo no qual o Mais Querido errou até pênalti. 

O Dom Bosco impunha o jogo e o Mixto tentava dar o contragolpe, mas o os atacantes não conseguiam completar os contra-ataques. No primeiro tempo o jogo seguiu muito truncado e terminou em igualdade. 

Na etapa final o Dom Bosco consegui ultrapassar as ótimas defesas do goleiro alvinegro, o melhor em campo pelo Mixto. Depois do primeiro gol adversário o Tigre ainda esboçou uma reação, um empate levaria a disputa para as penalidades. Mas logo sofreu o segundo gol e não conseguiu mais reagir, sofrendo em seguida outro gol e o último no final da partida.  

A torcida, que voltava a se empolgar após anos de decepções, novamente se frustrou e grande parte abandonou o estádio antes do apito final. 

Fonte: Mixtonet
15/11/2017

3 comentários :

Aurélio Lopes disse...

Perder é aceitável, mas de goleada para este elenco do Dom Bosco é indecente.O que intriga é que esses técnicos todos não fazem bom trabalho no Mixto, mas fazem no Dom Bosco. E vejam que o Dom Bosco neste ano tem menos patrocínios que o Mixto. Já virou tradição o Mixto ter péssimas defesas. Perder de 4 a zero para um elenco frágil como o do Dom Bosco é atestado de maior fragilidade ainda. Não basta ter um União cometendo as idiotices de sempre no campeonato estadual, perder a vaga e sair do certame (aliás, o União já virou uma vergonha completa, pois esta não foi a primeira vez). Independente disto, o Mixto não pode contar com a incompetência dos adversários. Precisa de uma presidência e uma diretoria mais dinâmicas, e transparentes. Atualmente, o Mixto tem muito esporte amador e pouco futebol profissional. O apoio ao amador só faz sentido porque a marca Mixto é muito forte junto aos diversos setores da sociedade, mas a diretoria precisa reforçar a marca via futebol profissional e a partir dele reforçar os esportes amadores. Transparência também funciona: no site oficial do Mixto não informam sequer quem é o atual presidente, os diretores, os conselheiros. Entra e sai diretoria e nenhuma trabalha para fazer o Mixto crescer, chamar mais gente, aumentar o número de diretorias, para que façam outros trabalhos para o Mixto. A diretoria do modo como é atualmente vira um recinto fechado no qual não se sabe o que acontece no clube. Difícil administrar, é preciso reconhecer, mais difícil ainda administrar sem parceria dos mixtenses empresários, executivos, trabalhadores, gente toda, participando. O sócio torcedor anunciado, mais uma vez, não funciona. Com o número de torcedores, o clube não possui uma loja sequer para fazer entrar rendimento, o que deveria ser feito pelo site ao menos. O antigo presidente retorna ao clube como diretor de futebol: como presidente não deu certo, como diretor de futebol, como se vê, outra derrapada e quem paga por isto é o Mixto e a torcida toda. Está na hora de se abrir espaço para gente com experiência diferente e mais ambiciosa, pois infelizmente o futebol do clube continua sem objetivo e fora do Brasileirão, com um perfil de pessoas que não atrai mais gente para participar. O time mais conhecido de Mato Grosso precisa de gente que pense grande. Cansou ficar vendo o Mixto com gente pensando baixo. Que a torcida volte a se posicionar como sempre fez. Todos os clubes que quatro anos atrás estavam na mesma situação do Mixto se desenvolveram, e muitos estavam igual ou pior que o Mixto. Sampaio Correa, CSA, Londrina, Vila Nova-GO, Confiança-SE, para citar apenas os que estão na Série C e B. Vamos pensar grande para o Mixto, mas isto não vai sair enquanto não houver uma presidência e uma diretoria ambiciosas para o clube. Pouca coisa não combina com a força do Mixto. Para um clube que já bateu Cruzeiro, Vasco, Sport Recife e jogou de igual para igual com outros times grandes só lhe resta pensar grande, o que deve considerar um marketing profissional, avançado, sério e comprometido. Aos mixtenses, feliz 2018 e que seja um ano de renovação, unidade, reflexão e atividade junto ao mais querido de Mato Grosso. E acima de tudo que as organizadas do Mixto continuem a fazer ações e continuem crescendo, como fizeram todas as outras organizadas do país, mesmo com seus clubes em situações ruins.

andré disse...

marketing sério e profissional, falou e é isto mesmo

Anônimo disse...

Gostei do seu comentário AURELIO LOPES,voce é uma das pessoas que pode
participar do erguimento do Mixto, sómente com ajuda de um grupo com a
diretoria o Mixto pode ter dias melhores. Entre em contato com a Ameco
para participar mais ativamente. elber rocha.

Postar um comentário

Atenção: comentários anônimos não serão aceitos. Identifique-se!